PARQUES URBANOS E A PROBLEMÁTICA DOS ESPAÇOS DE LAZER NÃO IMPLANTADOS EM UBERABA-MG

Autores

  • Marcos Antônio Silvestre Gomes Universidade Federal do Triângulo Mineiro

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG217857961

Palavras-chave:

Parques urbanos, Espaços públicos, Políticas públicas, Uberaba

Resumo

Parques são áreas públicas de responsabilidade municipal com importantes funções ambientais, sociais e econômicas nas áreas urbanas. Neste artigo, procura-se avançar na compreensão destes espaços, problematizando-os no contexto da dinâmica socioespacial urbana de Uberaba-MG. São apresentados a espacialização dos parques na área urbana, relacionando a dados de renda e domicílio alugado; explicitados aspectos das políticas públicas e gestões governamentais quanto às intervenções nos parques já implantados e, ainda; demonstrado o estado geral daqueles não implantados. O trabalho fundamentou-se em pesquisas bibliográficas, consultas em sítios na internet, análise da legislação municipal, levantamentos de dados em secretarias municipais, observações de campo nos parques e entrevistas com a população. Constatou-se que os parques já implantados estão mais centralizados na área urbana e agrava diversos problemas que comprometem seus usos. Por outro lado, nas áreas periféricas há significativos espaços públicos demarcados com a intenção de se transformarem em parques, mas que se encontram abandonados, sem infraestrutura e, por vezes, negligenciados por diversos agentes sociais. Mais da metade das áreas designadas parques em Uberaba não se encontra definitivamente implantada, são existentes somente no papel, constituindo vazios urbanos ociosos no espaço, desconhecidos da população em geral, embora representem inestimável potencial socioambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Antônio Silvestre Gomes, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Professor Associado - Departamento de Geografia, Uberaba, MG, Brasil

Downloads

Publicado

04-12-2020

Como Citar

GOMES, M. A. S. . PARQUES URBANOS E A PROBLEMÁTICA DOS ESPAÇOS DE LAZER NÃO IMPLANTADOS EM UBERABA-MG. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 21, n. 78, p. 237–252, 2020. DOI: 10.14393/RCG217857961. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/57961. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos