SUPERMERCADOS FAMINTOS, MERCADOS LOCAIS RESISTENTES: A DINÂMICA LATINO-AMERICANA E O COMPORTAMENTO DO MERCADO BRASILEIRO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG238557371

Palavras-chave:

Abastecimento alimentar, América Latina, Supermercados, Novos padrões de consumo, Mercados tradicionais

Resumo

O artigo analisa o processo de mudança das fontes e mecanismos de abastecimento alimentar na América Latina, a partir de pesquisa realizada em parceria com a FAO. A perda de importância dos mercados públicos no abastecimento urbano caminha pari passu com o sucesso dos supermercados que ganham espaço no abastecimento alimentar nesses países, em contraponto aos mercados atacadistas. A expansão dos supermercados teve como consequência a perda de espaço comercial de mercados tradicionais e as feiras de rua. Essas mudanças representam desafios com a exclusão de pequenos agricultores e estabelecimentos de varejo, mas sinalizam oportunidades de inserção comercial sob novos padrões de consumo, como a agregação de valor baseada no registro de origem, na pré-classificação, na rastreabilidade ambiental e social e na revalorização de mercados locais como equipamentos urbanos de alimentação e lazer. Este artigo é resultado de pesquisa financiada pelo Projeto de Educação Ambiental (PEA) Pescarte que é uma medida de mitigação exigida pelo Licenciamento Ambiental Federal, conduzido pelo IBAMA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Altivo Andrade de Almeida Cunha, Food and Agriculture Organization (FAO/ONU)

Doutor em Economia pela Unicamp. Mestre em Economia pelo Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e graduação em Engenharia Agronômica pela ESALQ/USP. É consultor da FAO/ONU, atuando nas áreas de sistema agroalimentar, abastecimento alimentar e centrais de abastecimento, políticas públicas e segurança alimentar e nutricional. É também pesquisador visitante da UFMG.

Mauro Macedo Campos, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Possui graduação em Ciências Econômicas, mestrado em Ciências Sociais: Gestão de Cidades e doutorado em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pós-Doutorado em Ciência Política pela UNICAMP. Atualmente é professor e pesquisador associado da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), atuando junto ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política (PPGSP). Foi coordenador do Grupo de Trabalho em Financiamento Política da Associação Nacional de Programas de Pós-graduação em Ciências Sociais (ANPOCS), entre os anos de 2013 a 2015. É Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2. Atua na gestão financeira da Associação Latino-Americana de Ciência Política (ALACIP/BR). Trabalhou por 15 anos como auditor e consultor externo. Tem experiência nas áreas de Gestão Pública e Ciência Política, com ênfase em Políticas Públicas, Auditoria e Controle, Instituições Políticas.

Downloads

Publicado

04-02-2022

Como Citar

Cunha, A. A. de A. ., & Campos, M. M. (2022). SUPERMERCADOS FAMINTOS, MERCADOS LOCAIS RESISTENTES: A DINÂMICA LATINO-AMERICANA E O COMPORTAMENTO DO MERCADO BRASILEIRO. Caminhos De Geografia, 23(85), 88–101. https://doi.org/10.14393/RCG238557371

Edição

Seção

Artigos