USO PÚBLICO EM UNIDADE DE CONSERVAÇÃO: CAMINHOS APONTADOS NO PARQUE NATURAL MUNICIPAL DE NOVA IGUAÇU-RJ

Autores

  • Edileuza Dias Queiroz Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG228255771

Palavras-chave:

Unidades de Conservação, Uso Público, Parque Natural Municipal de Nova Iguaçu

Resumo

O uso público pode ser considerado um dos pilares fundamentais para conciliar a conservação ambiental com as atividades humanas, tendo em vista que a relação sociedade-natureza, de modo geral, tem representado um dos maiores e mais antigos desafios das sociedades humanas. Este trabalho, um dos frutos de uma tese de Doutorado, tem como objetivo apresentar caminhos possíveis para a consolidação do uso público em Unidades de Conservação, e teve como recorte espacial o Parque Natural Municipal de Nova Iguaçu/RJ. A metodologia, com abordagem qualitativa e ancorada no método fenomenológico, é baseada na análise das ações elaboradas e/ou implementadas no decorrer da pesquisa, onde procurou-se analisar atividades de ensino, pesquisa e extensão. A pesquisa revelou, dentre outros aspectos, a importância da parceria, principalmente da Universidade e seu tripé fundante, para que as Unidades de Conservação continuem a existir e cumpram seu papel social e ambiental. Espera-se contribuir com reflexões para que Parques com características semelhantes consigam, diante de suas condições, efetivar o uso público, tão essencial para o seu papel na sociedade. Ressalte-se que os caminhos que podem levar à essa consolidação exigem esforços tanto do poder público quanto da sociedade civil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edileuza Dias Queiroz, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Instituto Multidisciplinar

Departamento de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia

Downloads

Publicado

02-08-2021

Como Citar

QUEIROZ, E. . D. USO PÚBLICO EM UNIDADE DE CONSERVAÇÃO: CAMINHOS APONTADOS NO PARQUE NATURAL MUNICIPAL DE NOVA IGUAÇU-RJ. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 22, n. 82, p. 89–101, 2021. DOI: 10.14393/RCG228255771. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/55771. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos