A ASSISTÊNCIA ONCOLÓGICA NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE: O CASO DO CÂNCER DE MAMA NO NORTE DE MINAS GERAIS

Autores

  • Sandra Célia Muniz Magalhães Doutora em Geografia – UFU
  • Mônica Oliveira Alves Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Geografia do Instituto de Estudos Socioambientais da Universidade Federal de Goiás - PPGEO/IESA/UFG
  • Flávia de Oliveira Santos Instituto de Geografia/Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG217554998

Palavras-chave:

Regionalização da saúde, Assistência Oncológica, Câncer de mama

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo discutir a regionalização e a organização dos serviços de saúde para assistência ao usuário com câncer de mama no Norte de Minas Gerais. Os procedimentos metodológicos utilizados consistiram em pesquisa bibliográfica e documental, observação in loco, além da utilização de dados disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e pelo Instituto Nacional do Câncer. Os resultados obtidos evidenciaram o esforço existente por parte do sistema público em parceria com o setor privado para melhorar a assistência oncológica na região. Contudo, os recursos disponíveis, tanto os tecnológicos, como humanos ou estruturais, ainda são poucos e ineficientes para atenderem à demanda, gerando imensas filas nos dias de atendimento e demora na marcação de consultas e exames. Nota-se, ainda, que no Norte de Minas Gerais, a assistência oncológica está concentrada em uma única cidade dentro da Região Ampliada de Saúde, sendo necessária a descentralização desses serviços para melhor atender à demanda por tratamento da doença. Ressalta-se que quem luta contra o câncer luta também contra o tempo, principal opositor para uma possível cura da doença.    

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

02-06-2020

Como Citar

MAGALHÃES, S. C. M. .; ALVES, M. O. .; SANTOS, F. de O. A ASSISTÊNCIA ONCOLÓGICA NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE: O CASO DO CÂNCER DE MAMA NO NORTE DE MINAS GERAIS. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 21, n. 75, p. 284–299, 2020. DOI: 10.14393/RCG217554998. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/54998. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos