MAGNITUDES DO FENÔMENO DA ILHA DE CALOR URBANA EM SACRAMENTO (MG): PERSPECTIVAS DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DAS ZONAS CLIMÁTICAS LOCAIS EM CIDADE DE PEQUENO PORTE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG227953890

Palavras-chave:

Climatologia Tropical, Climatologia urbana, Transectos móveis

Resumo

O presente estudo teve como objetivo avaliar as intensidades do fenômeno da ilha de calor urbana em Sacramento (MG), cidade de pequeno porte que integra a Região Imediata de Uberaba (MG), com base nos princípios do sistema de classificação das Zonas Climáticas Locais. A fim de atender tal proposição, realizou-se uma articulação entre os dados obtidos na escala local (medidas móveis da temperatura do ar e metadados das propriedades da cobertura da superfície) com aqueles representativos da dinâmica atmosférica regional, de modo que fosse possível apreender as respostas dos condicionantes urbanos ao ritmo climático. No plano teórico, a investigação foi amparada pelo paradigma do Sistema Clima Urbano. Sob condição atmosférica ideal, verificou-se a formação de ilha de calor urbana com magnitude grande (5,1ºC) entre paisagens com diferenças substanciais de morfologia e material de superfície. Ademais, existe uma expressiva compatibilidade na termodinâmica das classes mais representativas da área de estudo com os padrões térmicos reportados em cidades de baixas e médias latitudes. De modo geral, admite-se que este estudo configura a primeira aproximação do uso da estrutura divisional das paisagens em Zonas Climáticas Locais para a compreensão da ilha de calor urbana em cidade tropical brasileira de pequeno porte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro de Godoi Pinton, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

Graduação (Licenciatura - 2008; Bacharelado - 2013), Mestrado (2011) e Doutorado em Geografia (2016) pela Universidade Estadual Paulista - UNESP/Campus Rio Claro (SP).

Downloads

Publicado

01-02-2021

Como Citar

Pinton, L. de G., Ribeiro, M. C. A., Suizu, T. M., & Amorim, M. C. de C. T. (2021). MAGNITUDES DO FENÔMENO DA ILHA DE CALOR URBANA EM SACRAMENTO (MG): PERSPECTIVAS DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DAS ZONAS CLIMÁTICAS LOCAIS EM CIDADE DE PEQUENO PORTE . Caminhos De Geografia, 22(79), 161–179. https://doi.org/10.14393/RCG227953890

Edição

Seção

Artigos