DINÂMICA DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA NO MUNICÍPIO DE PALMITINHO / RS ENTRE OS ANOS DE 1988 E 2017

Autores

  • Viviane Capoane Centro Regional Sul de Pesquisas Espaciais - INPE

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG217853100

Palavras-chave:

Sistemas intensivos, Lavoura, Pastagem, Degradação ambiental, Resíduos animais

Resumo

Este trabalho objetivou analisar a dinâmica da produção agrícola nos últimos 30 anos e, os impactos ambientais associados, no município de Palmitinho, noroeste do Rio Grande do Sul. Os dados do período entre 1988 e 2017 foram obtidos no Sistema IBGE de Recuperação Automática. Mapas temáticos de uso e cobertura da terra, relevo e distribuição espacial das granjas de suínos e aviários foram gerados a fim de subsidiar a análise dos dados. No período analisado, a área utilizada para o plantio de culturas temporárias diminuiu 87,7%. Parte dessas áreas foram convertidas em pastagens e o restante encontra-se em regeneração natural. Na pecuária, destacam-se a produção intensiva de suínos e aves e, a bovinocultura leiteira. As atividades agrícolas desenvolvidas no município, embora tenham grande importância econômica e social, têm provocado uma forte pressão sobre os recursos naturais, principalmente solo e água.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Capoane, Centro Regional Sul de Pesquisas Espaciais - INPE

Pesquisadora no Centro Regional Sul de Pesquisas Espaciais - CRS/INPE
Geógrafa e Licenciada em Geografia, UFSM
MSc em Ciência do Solo, UFSM
Doutora em Geografia, UFPR

Downloads

Publicado

04-12-2020

Como Citar

Capoane, V. (2020). DINÂMICA DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA NO MUNICÍPIO DE PALMITINHO / RS ENTRE OS ANOS DE 1988 E 2017. Caminhos De Geografia, 21(78), 157–172. https://doi.org/10.14393/RCG217853100

Edição

Seção

Artigos