NÍVEL DE ADEQUABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DE ÁREAS DE ATERROS EM OPERAÇÃO

Autores

  • Mayara Maezano Faita Pinheiro Universidade do Oeste Paulista
  • Noemi de Oliveira Dias Universidade do Oeste Paulista
  • Lucas Prado Osco Universidade do Oeste Paulista
  • Tatiana Sussel Gonçalves Mendes Universidade Estadual Paulista
  • Rejane Ennes Cicerelli Universidade de Brasília
  • Ana Paula Marques Ramos Universidade do Oeste Paulista

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG217551026

Palavras-chave:

Impacto ambiental, Produção cartográfica, Geoprocessamento

Resumo

A definição de área para disposição final de resíduos sólidos é uma tarefa complexa. No Brasil, existem regulamentos de caráter obrigatório (restritivo) e de orientação para a implantação de aterros. Todavia, a análise de aterros em operação segundo esses regulamentos é ainda algo pouco explorada, mas que pode trazer importantes informações à gestão territorial. Este trabalho investiga se os aterros no oeste do estado de São Paulo atendem aos critérios restritivos e qual o seu nível de adequabilidade ambiental e socioeconômica. Analisou-se 32 aterros, segundo quatro critérios restritivos, e um mapa de adequabilidade produzido em um trabalho anterior. Aproximadamente 41% dos aterros em operação descumprem a legislação. Daqueles em áreas legais, somente 25% encontram-se em áreas de alto nível de adequabilidade ambiental e socioeconômica. Isso demonstra a importância de se investigar os impactos socioambientais relacionados aos aterros segundo ambos os regulamentos, de caráter obrigatório e de orientação, visando uma eficaz gestão territorial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mayara Maezano Faita Pinheiro, Universidade do Oeste Paulista

Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional, Presidente Prudente, SP, Brasil.

Noemi de Oliveira Dias, Universidade do Oeste Paulista

Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária, Presidente Prudente, SP, Brasil.

Lucas Prado Osco, Universidade do Oeste Paulista

Faculdade de Engenharias e Arquitetura e Urbanismo "Conselheiro Algacyr Munhoz Maeder", Presidente Prudente, SP, Brasil. Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Pós-Graduação em Recursos Naturais, Campo Grande, MS, Brasil.

Tatiana Sussel Gonçalves Mendes, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Engenharia Ambiental, São José dos Campos, SP, Brasil.

Rejane Ennes Cicerelli, Universidade de Brasília

Instituto de Geociência, Brasília, DF, Brasil.

Ana Paula Marques Ramos, Universidade do Oeste Paulista

Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional, Presidente Prudente, SP, Brasil.

Downloads

Publicado

30-05-2020

Como Citar

MAEZANO FAITA PINHEIRO, M.; DE OLIVEIRA DIAS, N.; PRADO OSCO, L.; SUSSEL GONÇALVES MENDES, T.; ENNES CICERELLI, R.; MARQUES RAMOS, A. P. . NÍVEL DE ADEQUABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DE ÁREAS DE ATERROS EM OPERAÇÃO . Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 21, n. 75, p. 137–153, 2020. DOI: 10.14393/RCG217551026. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/51026. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos