POBREZA SOB A ÓTICA MULTIDIMENSIONAL NO ESTADO DA BAHIA, BRASIL: UMA ANÁLISE DO RURAL E URBANO

Autores

  • Camilla Rusciolelli Barbosa Universidade Federal da Bahia
  • Monick Midlej do Espírito Santo Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Andréa da Silva Gomes Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Mônica de Moura Pires Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Fernanda Calasans Costa Lacerda Pessoti Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG217450104

Palavras-chave:

Pobreza multidimensional, IPM, Disparidades regionais, Intensidade, Incidência

Resumo

A abordagem da pobreza possui caráter dinâmico, sendo crescente as discussões entre a adoção da abordagem unidimensional ou multidimensional para defini-la e mensurá-la. Este trabalho se propõe a mensurar a pobreza rural e urbana sob a perspectiva multidimensional no estado da Bahia, Brasil, com base em dados sobre a população desse estado. Discutiram-se as principais abordagens sobre essa temática, seguido pela mensurabilidade da pobreza através da aplicação do Índice de Pobreza Multidimensional (IPM) proposto por Alkire e Foster (2007). O índice é composto por dez indicadores distribuídos em três dimensões igualmente ponderadas: educação, saúde e padrão de vida. A maior parcela de indivíduos privados tanto na área rural quanto urbana foram os referentes aos indicadores tempo de escolaridade, saneamento e coleta de lixo. Os resultados apontaram maior intensidade e incidência da pobreza multidimensional na área rural da Bahia, justificando a necessidade de maior investigação dos atributos nesse meio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camilla Rusciolelli Barbosa, Universidade Federal da Bahia

Doutoranda do Núcleo de Pós-Graduação em Administração – NPGA da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Mestre em Economia Regional e Políticas Públicas pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Monick Midlej do Espírito Santo, Universidade Estadual de Santa Cruz

Universidade Estadual de Santa Cruz, Programa de Pós-Graduação em Economia Regional e Políticas Públicas, Ilhéus, Bahia, Brasil.

Andréa da Silva Gomes, Universidade Estadual de Santa Cruz

Professora Plena do Departamento de Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), doutora em Desenvolvimento Rural pela AGROPARISTECH, mestre em economia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), economista pela Universidade Santa Úrsula (USU).

Mônica de Moura Pires, Universidade Estadual de Santa Cruz

Professora Plena do Departamento de Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), doutora em Economia Rural pela Universidade Federal de Viçosa.

Fernanda Calasans Costa Lacerda Pessoti, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Professora Assistente da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), doutoranda em Economia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Downloads

Publicado

01-05-2020

Como Citar

RUSCIOLELLI BARBOSA, C.; MIDLEJ DO ESPÍRITO SANTO, M.; DA SILVA GOMES, A.; DE MOURA PIRES, M.; CALASANS COSTA LACERDA PESSOTI, F. POBREZA SOB A ÓTICA MULTIDIMENSIONAL NO ESTADO DA BAHIA, BRASIL: UMA ANÁLISE DO RURAL E URBANO. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 21, n. 74, p. 194–212, 2020. DOI: 10.14393/RCG217450104. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/50104. Acesso em: 10 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos