FRAGILIDADE AMBIENTAL POTENCIAL DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CASTÁN, ESTADO TRUJILLO - VENEZUELA

Autores

  • Lisbeth Segovia Materano Universidad de Los Andes
  • Jorge Luis Silva Brito

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG217347216

Palavras-chave:

Geoprocessamento, Análise Multicritério, Ordenamento do território, Conservação ambiental

Resumo

As drenagens da bacia hidrográfica do rio Castán localizada no estado Trujillo -Venezuela são as fontes abastecedoras para todas as atividades desenvolvidas na capital do estado e nas regiões circunvizinhas. O presente trabalho teve por objetivo modelar os distintos níveis de fragilidade ambiental potencial da bacia hidrográfica do rio Castán. Inicialmente foram realizados os mapeamentos temáticos de declividade, distância até drenagens, solos e precipitação média anual. Posteriormente, utilizou-se a metodologia de Análise Multicritério, por meio do Processo de Análise Hierárquica para a determinação da importância dos critérios e obtenção do índice e razão de consistência da matriz e, por último, realizou-se uma sobreposição das camadas no SIG mediante de Combinação Linear Ponderada.Obtiveram-se como resultados cinco níveis de fragilidade ambiental potencial: Muito baixa (3%), Baixa (22%), Moderada (36%) Alta (29%) e Muito Alta (10%). As classe Alta e Muito Alta somadas representam a maior extensão da área da bacia, devendo-se levar em consideração tais características de fragilidade para elaboração de planos de desenvolvimento e equilíbrio ambiental da bacia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

06-03-2020

Como Citar

Segovia Materano, L., & Silva Brito, J. L. (2020). FRAGILIDADE AMBIENTAL POTENCIAL DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CASTÁN, ESTADO TRUJILLO - VENEZUELA. Caminhos De Geografia, 21(73), 86–97. https://doi.org/10.14393/RCG217347216

Edição

Seção

Artigos