EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UNIDADE DE CONSERVAÇÃO DE USO SUSTENTÁVEL: ESTUDO DE CASO NO COLÉGIO ESTADUAL TAGAÇABA PORTO DA LINHA DE CIMA – GUARAQUEÇABA/PR

Autores

  • Luiza Alberti Torrens Universidade Federal do Paraná (UFPR), Departamento de Geografia.
  • Larissa dos Santos Silva Universidade Federal do Paraná (UFPR), Departamento de Geografia.
  • Eduardo Vedor de Paula Universidade Federal do Paraná (UFPR), Departamento de Geografia.

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG207145643

Palavras-chave:

Unidade de conservação, educação ambiental

Resumo

No contexto da gestão de Unidades de Conservação, a comunicação e circulação de informações no ambiente escolar é um importante meio para a conscientização ambiental de jovens, podendo torná-los multiplicadores dos conhecimentos adquiridos, e assim, contribuírem para a conservação do meio ambiente. Esse trabalho apresenta a análise e diagnóstico do envolvimento de alunos e professores do ensino médio do Colégio Estadual Tagaçaba Porto da Linha de Cima, com as questões ambientais no contexto da área de abrangência do Núcleo de Gestão Integrada (ICMBio Antonina-Guaraqueçaba, litoral norte do Paraná. Na primeira etapa do trabalho foram aplicados questionários a esse público para a definição das ações a serem inseridas na abordagem da Educação Ambiental. Em seguida foram propostas atividades pedagógicas em sala de aula para abordar questões atreladas às áreas de preservação permanente e Unidades de Conservação. Nesse âmbito, foi identificado que os alunos compreendem a importância do meio ambiente para a sociedade, no entanto, existe uma grande lacuna de informações em relação ao conhecimento sobre áreas protegidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-08-2019

Como Citar

TORRENS, L. A.; SILVA, L. dos S.; PAULA, E. V. de. EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UNIDADE DE CONSERVAÇÃO DE USO SUSTENTÁVEL: ESTUDO DE CASO NO COLÉGIO ESTADUAL TAGAÇABA PORTO DA LINHA DE CIMA – GUARAQUEÇABA/PR. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 20, n. 71, p. 296–310, 2019. DOI: 10.14393/RCG207145643. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/45643. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos