POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA, PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS E CARDIOVASCULARES: INVESTIGANDO O SETOR FERROLIGAS EM PIRAPORA/MG, BRASIL

Autores

  • Gustavo Lino Mendonça Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Sandra Célia Muniz Magalhães Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES
  • Cássio Alexandre da Silva Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG207043361

Palavras-chave:

Poluição atmosférica, Doenças e agravos, Metalúrgicas, Pirapora/MG

Resumo

A poluição atmosférica industrial tem sido objeto de pesquisas que vem confirmando a correlação entre o aumento da poluição do ar com manifestações de Doenças e Agravos - DeA respiratórios e cardiovasculares. O objetivo geral do estudo foi discutir sobre os efeitos das emissões de poluentes atmosféricos oriundos de empreendimentos do Setor Ferroligas que operam em Pirapora/MG, sobre a saúde da população vizinha a esses empreendimentos. A metodologia consistiu na realização de um estudo ecológico que contemplou pesquisa bibliográfica, pesquisa de gabinete e levantamentos de campo. Após a obtenção de uma Área de Risco Ambiental para poluentes atmosféricos – ARA, foram selecionados dois Territórios de Saúde – TS. O primeiro (Vila Maria), sobreposto pela ARA e o segundo (Novo Buritizeiro), externo à ARA. Foram levantados dados primários dos diagnósticos de DeA respiratórios e cardiovasculares desses mesmos TS, para fins de confrontamento e análise das taxas.  O TS Vila Maria apresentou taxas de diagnósticos superiores ao TS Novo Buritizeiro de 53,38% (2015) e 89,62% (2016) e em média, 70,53%. Concluiu-se que as emissões de poluentes atmosféricos das indústrias colaboraram significativamente para o aumento de DeA respiratórios e cardiovasculares na população do entorno e que crianças e idosos foram os mais afetados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Lino Mendonça, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Mestre em Geografia pela Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES (2017). Especialista em Geoprocessamento pela PUC-Minas (2016). Possui Graduação Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES (2013) e Graduação em Tecnologia em Gestão Ambiental pela Universidade Norte de Paraná (2010). Atualmente é Técnico em Meio Ambiente II do SAAE de Buritizeiro.

Sandra Célia Muniz Magalhães, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Professora do Departamento de Geociências - Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES, Professora do Programa de Pós-Graduação em Geografia - UNIMONTES. Doutora em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU. Mestre em Geografia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Pós-Graduada em docência do ensino superior pela Faculdade Santo Agostinho. Pós-Graduada em Gerenciamento de Recursos Hídricos pela Universidade Federal da Bahia - UFBA. Graduada em Geografia pela Universidade Estadual de Montes Claros. 

Cássio Alexandre da Silva, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES

Cássio Alexandre da Silva; Doutor em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU ; possui graduação em Geografia Licenciatura Plena pela Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES (1995); é especialista em Geografia Regional do Brasil e Minas Gerais-UNIMONTES (1997) e em Turismo e Desenvolvimento Regional - Faculdades Integradas Pitágoras Claros-FIP/MOC (2003); mestre em Desenvolvimento Social pela Universidade Estadual de Montes Claros-UNIMONTES (2007).

Downloads

Publicado

06-08-2019

Como Citar

Mendonça, G. L., Muniz Magalhães, S. C., & da Silva, C. A. (2019). POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA, PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS E CARDIOVASCULARES: INVESTIGANDO O SETOR FERROLIGAS EM PIRAPORA/MG, BRASIL. Caminhos De Geografia, 20(70), 398–417. https://doi.org/10.14393/RCG207043361

Edição

Seção

Artigos