AGRICULTURA METROPOLITANA E RESILIÊNCIA NA HINTERLÂNDIA RURAL DO RIO DE JANEIRO

Autores

  • Felipe da Silva Machado University of Plymouth, Reino Unido

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG207042979

Palavras-chave:

Resiliência da agricultura, Agricultura familiar, Inovação rural, Agricultura metropolitana, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Resumo

O estudo discute como diferentes graus de interação rural-urbana no Grande Rio de Janeiro resultam em diversidade multifuncional, resiliência da agricultura e inovação rural. A Região Metropolitana do Rio de Janeiro está localizada no Sudeste industrializado do Brasil e possui a segunda maior área metropolitana do país. Em algumas áreas rurais, a agricultura especializada fornece produtos agrícolas para a área metropolitana, aproveitando os benefícios de mercados próximos de uma forma clássica. Em outras áreas, as atividades agrícolas e não agrícolas são combinadas, desafiando a lógica linear da mudança rural. A complexidade da agricultura nessa região metropolitana brasileira contribui para compreensão do rural periférico, contrapondo a visão de espaço inerte e sujeito a interferências e ações externas. O estudo argumenta que o espaço rural também pode ser visto através da sua dinâmica e resiliência que contribuem em configurações espaciais complexas, onde as ações dos atores sociais criam formas de ordenamento espacial adaptadas ao novo cenário da mudança regional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe da Silva Machado, University of Plymouth, Reino Unido

Pesquisador colaborador no Laboratório de Gestão do Território (LAGET) do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Postgraduate Fellow da Royal Geographical Society - Institute of British Geographers e membro da Geographical Association. Doutorando em Geografia Humana na University of Plymouth, Reino Unido (2015-2019). Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Bacharel e Licenciado em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Entre 2008 e 2009, participou da mobilidade acadêmica para Universidade Nova de Lisboa (Portugal) através do Programa de Bolsas Luso-brasileiras Santander Universidades. Em 2012, durante o mestrado, fez parte do programa de bolsa Nota 10 da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ). Foi professor substituto de Geografia no Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CAp-UFRJ) nos anos letivos 2013 e 2014. Recebe apoio do programa de doutorado pleno no exterior da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) desde 2015. Na pesquisa acadêmica, atua nos seguintes temas: agricultura urbana; espaço periurbano e conflito de uso da terra; reestruturação espacial na interface rural-urbana; multifuncionalidade e resiliência rural; agricultura multifuncional; globalização no contexto rural.

Downloads

Publicado

05-08-2019

Como Citar

da Silva Machado, F. (2019). AGRICULTURA METROPOLITANA E RESILIÊNCIA NA HINTERLÂNDIA RURAL DO RIO DE JANEIRO. Caminhos De Geografia, 20(70), 331–346. https://doi.org/10.14393/RCG207042979

Edição

Seção

Artigos