A IMPORTÂNCIA DO “ESTAR AQUI”: DIMENSÕES ESPACIAIS DA PROXIMIDADE GEOGRÁFICA NA PESQUISA CIENTÍFICA EM REDE

Autores

  • Allison Bezerra Oliveira Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão - UEMASUL

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG206941630

Palavras-chave:

Proximidade Geográfica, Pesquisa em Rede, Comunicação Instantânea, Pernambuco

Resumo

A revolução das tecnologias de informação, processamento e comunicação tem possibilitado instantaneidade comunicacional nunca antes vista: de informações, sons e ideias. Tal perspectiva tem sido apropriada por diversos segmentos da sociedade e com diversos objetivos, o de multiplicar a produção do conhecimento é um entre tantos. A produção do conhecimento científico em rede com pessoas em espaços geográficos distantes tem sido assim compreendida como forte mecanismo de superação das desigualdades. Em meio a essas questões, o presente trabalho tem como objetivo analisar a importância da proximidade geográfica na pesquisa científica em rede mediante os contornos tecnológicos comunicacionais. Para tal, empreendeu-se reflexão teórica sobre o tema, mapeou-se as relações de pesquisa em rede no estado de Pernambuco na área de Farmácia como recorte metodológico, construiu-se um mapa de fluxos dessas relações e aplicou-se questionários com os pesquisadores. Os resultados obtidos apontam para a importância do “estar aqui” como elemento mais eficaz que a comunicação instantânea na troca de informações na pesquisa científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Allison Bezerra Oliveira, Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão - UEMASUL

Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual do Maranhão - UEMA (2007), Especialização em Planejamento e Gestão Ambiental pela Universidade Estadual do Maranhão - UEMA (2007), Mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (2010), e Doutorado em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (2014). Foi professor do curso de EAD em Gestão Ambiental do Instituto Federal de Pernambuco - IFPE (2009-2015). Foi professor da Universidade Federal do Oeste da Bahia - UFOB (2014-2015), foi professor da Universidade Estadual do Maranhão (2015-2016), foi professor da Faculdade Pitágoras/Kroton (2016-2017).

Downloads

Publicado

02-07-2019

Como Citar

OLIVEIRA, A. B. A IMPORTÂNCIA DO “ESTAR AQUI”: DIMENSÕES ESPACIAIS DA PROXIMIDADE GEOGRÁFICA NA PESQUISA CIENTÍFICA EM REDE. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 20, n. 69, p. 467–483, 2019. DOI: 10.14393/RCG206941630. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/41630. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos