UTILIZAÇÃO DE TÉCNICAS DE MODELAGEM E ANÁLISE ESPACIAL NA IDENTIFICAÇÃO DE ÁREAS ÓTIMAS PARA A IMPLANTAÇÃO DE ATERROS SANITÁRIOS EM REGIÕES METROPOLITANAS DENSAMENTE POVOADAS

Autores

  • José Nunes de Aquino UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
  • Marcelo Antonio Nero UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
  • Adriana Monteiro da Costa UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG207041191

Palavras-chave:

SIG, Aterros Sanitários, Análise Multicritério, Qualidade Temática

Resumo

Do ponto de vista econômico, os aterros sanitáriossanitários são a solução ambientalmente mais viável, uma vez que são dotados de tecnologias que previnem principalmente a contaminação do solo e dos recursos hídricos subterrâneos. No entanto, a escolha da área para a construção de um aterro sanitário ainda é um dos maiores desafios. Assim, este artigo tem como objetivo determinar, através da análise multicritério, áreas ideais para a implantação de aterros sanitários em regiões metropolitanas densamente povoadas. Para tanto, foram empregados conceitos dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG) na seleção das áreas potenciais e otimizadas. Dessa maneira, foram combinadas as técnicas de análise multicritério em conjunto com um SIG para examinar os critérios preconizados na legislação vigente e nas normas construtivas deste tipo de empreendimento. A partir da combinação de variáveis ambientais, sociais e econômicos, de ordem restritiva e fatorial, o modelo proposto localizou 14 áreas potenciais para a instalação de aterros sanitários na Região Metropolitana de Belo Horizonte - RMBH. Adicionalmente, realizou-se uma análise da qualidade do mapa temático gerado por meio de processo empírico e amostral, sendo considerados satisfatórios os resultados obtidos e que abre novas discussões para projetos futuros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Nunes de Aquino, UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

Bacharel em Geografia, formado pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), turma de 2012/13. Fez Pós-graduação latu sensu, no nível de Especialização, em Gestão Ambiental pela União das Faculdades de Alagoas/Faculdade Figueiredo Costa (UNIFAL/FIC). Possui experiência profissional na realização de Estudos Ambientais (Diagnósticos Ambientais para o Meio Físico e Meio Antrópico, Avaliação de Impactos, entre outros). Gestão Ambiental e Logística para o Gerenciamento de Resíduos Sólidos Perigosos em empresas transportadoras. Geoprocessamento e Mapeamento Temático com o uso do software Quantum GIS. Atuou como Assistente de Projetos, Geógrafo e Consultor Ambiental na empresa ENSIMA Soluções Ambientais e Tecnológicas (2012 - 2016). Atualmente está cursando Mestrado em Análise e Modelagem de Sistemas Ambientais pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), desenvolvendo uma pesquisa cujo tema é o Uso de técnicas de modelagem e análise espacial na seleção de áreas ideais para a construção de aterros sanitários na Região Metropolitana de Belo Horizonte

Downloads

Publicado

01-08-2019

Como Citar

Aquino, J. N. de, Nero, M. A., & Costa, A. M. da. (2019). UTILIZAÇÃO DE TÉCNICAS DE MODELAGEM E ANÁLISE ESPACIAL NA IDENTIFICAÇÃO DE ÁREAS ÓTIMAS PARA A IMPLANTAÇÃO DE ATERROS SANITÁRIOS EM REGIÕES METROPOLITANAS DENSAMENTE POVOADAS. Caminhos De Geografia, 20(70), 01–19. https://doi.org/10.14393/RCG207041191

Edição

Seção

Artigos