VIDA NOVA AO VELHO RIO: O FINANCIAMENTO DO PROJETO ESTRATÉGICO META 2014 DENTRO DA POLÍTICA AMBIENTAL DO GOVERNO DE MINAS GERAIS

Autores

  • Cristina de Souza Domingues Raposo UEMG, Universidade do Estado de Minas Gerais

Palavras-chave:

Rio das Velhas. Revitalização. Receitas. Despesas. Orçamento.

Resumo

O objetivo deste artigo é mostrar a descontinuidade do Projeto Estratégico Meta 2014, bem como evidenciar as consequências desta ação. A Meta 2014 foi um programa do Governo de Minas Gerais direcionado à revitalização do Rio das Velhas. A metodologia de investigação baseou-se na realização de entrevistas não estruturadas com os servidores da secretaria do meio ambiente (SEMAD) e também na análise dos dados orçamentários do governo mineiro. Os resultados evidenciam a opção política da remissão em detrimento de um maior rigor na fiscalização preventiva (licenciamento) e repressiva (multa). A conclusão é que o Governo de Minas poderia dispor de mais recursos financeiros para viabilizar essa política pública, se fosse mais estratégico na arrecadação e nos gastos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-12-2017

Como Citar

RAPOSO, C. de S. D. VIDA NOVA AO VELHO RIO: O FINANCIAMENTO DO PROJETO ESTRATÉGICO META 2014 DENTRO DA POLÍTICA AMBIENTAL DO GOVERNO DE MINAS GERAIS. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 18, n. 64, p. 357–375, 2017. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/40947. Acesso em: 6 dez. 2022.