A FEIRA-LIVRE DE ALVORADA DE MINAS (MG): DINAMIZAÇÃO DA ECONOMIA LOCAL EM MUNICÍPIO ATINGIDO PELA MINERAÇÃO

Autores

  • Samanta Borges Pereira Universidade Federal de Itajubá
  • Tayrine Parreira Brito Universidade Federal de Itajubá
  • Viviane Guimarães Pereira Universidade Federal de Itajubá

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG196822

Resumo

Este artigo discute a importância da feira-livre de Alvorada de Minas, em Minas Gerais, município que sofre com os impactos da atuação da mineradora Anglo American. Diante do quadro de fragilidades no qual a região se encontra, a feira pode representar um lugar de preservação das relações socioculturais, da autonomia do agricultor e do fortalecimento de seus laços sociais e do saber local. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho é (re)conhecer a dinâmica de funcionamento da feira-livre existente no município estudado. Os questionamentos referem-se aos aspectos econômicos, representação na renda, gestão autônoma dos feirantes, movimentação da economia local e potencial para fortalecimento e expansão, além dos aspectos socioculturais, nas relações de pertencimento estabelecidas neste espaço. Metodologicamente, a pesquisa, de natureza qualitativa, utilizou-se de entrevistas, conversação e observação como instrumentos de coleta de dados, tendo por grupo de entrevistados feirantes, consumidores e comerciantes. Os resultados apontam para a predominância das mulheres neste espaço, a qualidade dos produtos da feira e a dinamização da economia local. Entretanto, o período recente de sua existência aponta para um espaço ainda não solidificado e para a necessidade de autonomia dos feirantes quanto à  sua organização e gestão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

19-12-2018

Como Citar

Pereira, S. B., Brito, T. P., & Pereira, V. G. (2018). A FEIRA-LIVRE DE ALVORADA DE MINAS (MG): DINAMIZAÇÃO DA ECONOMIA LOCAL EM MUNICÍPIO ATINGIDO PELA MINERAÇÃO. Caminhos De Geografia, 19(68), 326–342. https://doi.org/10.14393/RCG196822

Edição

Seção

Artigos