A EROSIVIDADE DAS CHUVAS NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA UHE AMADOR AGUIAR I, BACIA DO RIO ARAGUARI - MG

Autores

  • Juliana Sousa Pereira INSTITUTO DE GEOGRAFIA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL
  • Silvio Carlos Rodrigues INSTITUTO DE GEOGRAFIA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG196813

Resumo

A erosão hídrica dos solos se configura como um dos grandes problemas em áreas destinadas as atividades agropecuárias. Os impactos gerados pelo desencadeamento dos processos erosivos podem reduzir a produtividade agrícola, ocasionar o assoreamento dos reservatórios para geração de energia elétrica e desvalorizar as propriedades rurais, acarretando prejuízos ambientais, sociais e econômicos. A erosividade é definida como a capacidade das chuvas em causar erosão pela desagregação e transporte das partículas do solo, se constituindo um dos componentes importantes na determinação da perda de solo por erosão laminar. Este estudo teve como objetivo estimar e mapear a erosividade mensal e anual na área de influência da UHE Amador Aguiar I. Nesta perspectiva, utilizaram-se dados de precipitação de seis estações pluviométricas, referentes ao período de 1981 a 2011. Os cálculos da erosividade foram realizados com base na equação proposta por Nascimento (1998). Os índices de erosividade anual variaram de 8183,8 MJ.mm/ha-1.h-1 a 9948 MJ.mm/ha-1.h-1. Para a espacialização dos valores foi empregado o método de interpolação Krigagem ordinária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Sousa Pereira, INSTITUTO DE GEOGRAFIA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL

Doutoranda em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia

Silvio Carlos Rodrigues, INSTITUTO DE GEOGRAFIA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL

Prof. Adjunto, Instituto de Geografia, UFU.

Downloads

Publicado

19-12-2018

Como Citar

PEREIRA, J. S.; RODRIGUES, S. C. A EROSIVIDADE DAS CHUVAS NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA UHE AMADOR AGUIAR I, BACIA DO RIO ARAGUARI - MG. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 19, n. 68, p. 186–199, 2018. DOI: 10.14393/RCG196813. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/40424. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos