A EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO FERRAMENTA DE ANÁLISE DA REALIDADE SOCIOAMBIENTAL DA BACIA DO RIO BOTAS: ESTUDO DE CASO NO CIEP AURÉLIO BUARQUE DE HOLANDA

Autores

  • Yasmin Ribeiro Molinari Mello Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ / Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia - PPGGEO/UFRRJ
  • Clézio dos Santos Professor Adjunto da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ / Mestrado Programa de Pós-Graduação em Geografia - PPGGEO/UFRRJ

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG196808

Resumo

O presente artigo aborda as problemáticas hidrológicas do município de Nova Iguaçu/RJ, especificamente do Canal Maxambomba, tributário do Rio Botas. Busca-se contextualizar as ações antrópicas que intervém na dinâmica natural fluvial, promovendo a tomada de consciência ambiental por parte da população local por meio da escola, com o estudo crítico e reflexivo de tais problemas a partir do conceito de Lugar, enfatizando o uso deste conceito nas práticas escolares no ensino de Geografia, auxiliando a transposição didática dos conteúdos científicos, aproximando a realidade e experiências locais dos estudantes dos conteúdos escolares. A análise focou no processo de urbanização da região, enfatizando as obras de saneamento da baixada fluminense, as quais modificaram drasticamente a dinâmica fluvial da região. Para as atividades realizadas no CIEP Aurélio Buarque de Holanda foram utilizadas notícias de jornais, a observação do Canal Maxambomba, identificando seus principais problemas e propondo possíveis soluções. Foram identificados problemas como a poluição do rio com descarte irregular do lixo e o lançamento de esgoto. O assoreamento do rio, o entupimento de galerias pluviais e a retirada da mata ciliar. Como soluções, a coleta seletiva do lixo, criação de áreas verdes, o saneamento básico e a realização de ações coletivas da comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

19-12-2018

Como Citar

RIBEIRO MOLINARI MELLO, Y.; DOS SANTOS, C. A EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO FERRAMENTA DE ANÁLISE DA REALIDADE SOCIOAMBIENTAL DA BACIA DO RIO BOTAS: ESTUDO DE CASO NO CIEP AURÉLIO BUARQUE DE HOLANDA. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 19, n. 68, p. 116–131, 2018. DOI: 10.14393/RCG196808. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/40345. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos