VEÍCULO LEVE SOBRE TRILHOS (VLT) - PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO PARA O TRANSPORTE PÚBLICO EM UBERLÂNDIA/MG

Autores

  • Flaviane Fernandes Bernardes Universidade Federal de Uberlândia
  • William Rodrigues Ferreira Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG175812

Palavras-chave:

Geografia dos Transportes, VLT, Uberlândia.

Resumo

O acirramento dos problemas urbanos, incluindo aqueles relacionados à mobilidade, tem estimulado a adoção de ações inovadoras que superem as limitações dos atuais instrumentos e sua gestão. A proposta de implantação de VLT's em Uberlândia-MG tem como finalidade integrar, ampliar e a assegurar o melhor nível operacional, de conforto, segurança, inclusão social e sustentabilidade. A metodologia empregada para realização deste trabalho consiste na utilização do diagnóstico da situação da demanda ou origem/destino no transporte público da cidade em questão. Foram definidas duas linhas de VLT's (Linha Lilás e Linha Verde) na proposta apresentada, com capacidade diária de 80.000 passageiros, contendo 42 estações de embarque e desembarque (com integração tarifária aberta) e extensão de 24 km no tecido urbano da cidade, inseridas no atual sistema de integração (SIT - Sistema Integrado de Transportes) e nos modelos de transporte de Corredores de Ônibus a ser implantados (BRTs).  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flaviane Fernandes Bernardes, Universidade Federal de Uberlândia

Instituto de Geografia
Aluna do Programa de Pós-Graduação em Geografia

William Rodrigues Ferreira, Universidade Federal de Uberlândia

Instituto de Geografia
Professor Doutor do Programa de Pós-Graduação em Geografia

Downloads

Publicado

27-06-2016

Como Citar

BERNARDES, F. F.; FERREIRA, W. R. VEÍCULO LEVE SOBRE TRILHOS (VLT) - PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO PARA O TRANSPORTE PÚBLICO EM UBERLÂNDIA/MG. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 17, n. 58, p. 189–204, 2016. DOI: 10.14393/RCG175812. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/31459. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos