ESCALA DE RINGELMANN COMO MÉTODO DE AVALIAÇÃO DA FUMAÇA EMITIDA PELA FROTA DE ÔNIBUS URBANO DE PORTO VELHO - RO

Autores

  • Robison Costa de Souza Universidade Federal de Rondônia - UNIR
  • Márcio Felisberto da Silva Universidade Federal de Rondônia - UNIR
  • Eloíza Elena Della Justina Universidade Federal de Rondônia - UNIR

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG175916

Palavras-chave:

Qualidade do ar, Escala de Ringelmann, Poluição por veículos.

Resumo

A Organização Mundial de Saúde aponta o material particulado presente na fumaça como sendo um dos principais responsáveis por enfermidades relacionadas ao sistema respiratório. Entre as fontes móveis de poluição se encontram os veículos automotores, como os ônibus urbanos. Este trabalho avaliou o grau de cor da fumaça emitida pelos ônibus urbanos de Porto Velho, pelo método da escala de Ringelmann, amplamente utilizado e regulamentado por diversos órgãos ambientais brasileiros. Sua metodologia consiste em comparar a cor da fumaça emita pelos ônibus, com as cores pré-definidas no cartão. Para elaborar o mapa de representação espacial com a concentração da poluição nos bairros foram criados arquivos vetoriais, onde cada aferição realizada em campo ficou sendo representada por meio de um ponto e representadas em cinco categorias, cada cor representou um dos cinco níveis na escala de Ringelmann. Em Porto Velho operam duas empresas de ônibus urbanos, foram avaliados 59 ônibus, em 9 pontos finais. Nos resultados constatou-se que 28,89% estão fora dos padrões aceitáveis pela legislação (níveis 3, 4 e 5 na escala). O mapa mostra concentração na avenida Sete de Setembro, no centro da cidade, principal área atingida pelas descargas dos veículos, portanto de maior vulnerabilidade a doenças respiratórias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Robison Costa de Souza, Universidade Federal de Rondônia - UNIR

Geógrafo, Mestrando em geografia pela UNIR, atuando na área ambiental na Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Porto Velho.

Márcio Felisberto da Silva, Universidade Federal de Rondônia - UNIR

Mestre em Geografia - UNIR

Eloíza Elena Della Justina, Universidade Federal de Rondônia - UNIR

Doutora em Geociências - UNESP, Professora do Mestrado em Geografia - UNIR

Downloads

Publicado

09-09-2016

Como Citar

SOUZA, R. C. de; SILVA, M. F. da; JUSTINA, E. E. D. ESCALA DE RINGELMANN COMO MÉTODO DE AVALIAÇÃO DA FUMAÇA EMITIDA PELA FROTA DE ÔNIBUS URBANO DE PORTO VELHO - RO. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 17, n. 59, p. 279–293, 2016. DOI: 10.14393/RCG175916. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/30984. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos