AVALIAÇÃO DA UMIDADE SUPERFICIAL DO SOLO EM CULTIVO DE TABACO EM PLANTIO DIRETO E CONVENCIONAL NA REGIÃO SUDESTE DO PARANÁ.

Autores

  • Valdemir Antoneli Universidade Estadual do Centro-Oeste-UNICENTRO-PR
  • João Anésio Bednarz UNICENTRO-PR
  • Fabio Caian de Jesus UNICENTRO-PR

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG175904

Palavras-chave:

Cultivo de tabaco, Plantio convencional, plantio direto, umidade do solo, morfologia da planta.

Resumo

O objetivo deste artigo foi avaliar a espacialização da umidade superficial do solo e a influência da planta do tabaco na distribuição desta umidade em uma área com Plantio Direto e Plantio Convencional no Município de Fernandes Pinheiro- PR. Identificamos 10 pontos de coleta em cada área. As coletas tiveram inicio no mês de outubro (término do plantio) a fevereiro (término da colheita). Utilizamos a técnica de perfis transversais entre os camalhões com coletas quinzenais. Mensuramos a exposição do solo e a morfologia da planta do tabaco (altura, raio, largura e comprimento das folhas). Observamos Ao término da pesquisa que a umidade média no plantio direto foi 7% superior ao plantio convencional e a cobertura morta influencia na distribuição da umidade no plantio direto apenas nos dois primeiros meses e depois vai perdendo sua eficiência. A morfologia da planta contribui significativamente para a distribuição da umidade do solo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valdemir Antoneli, Universidade Estadual do Centro-Oeste-UNICENTRO-PR

Graduado em Geografia pela UNICENTRO, Mestrado em Geografia pela Universidade Estadual de Maringa-UEM e doutorado em Geografia pela UFPR-PR. Professor Adjunto do Departamento de Geografia da UNICENTRO Campus de Irati-PR. Tem experiência em processos hidrogeomorfologicos em áreas rurais.

João Anésio Bednarz, UNICENTRO-PR

Doutorando em geografia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa-UEPG-PR e Professor substituto do Departamento de Geografia da UNICENTRO Campus de Irati-PR.

Fabio Caian de Jesus, UNICENTRO-PR

Graduando em Geografia do curso de Geografia da Universidade Estadual do Centro-Oeste.Campus de Irati-PR

Downloads

Publicado

09-09-2016

Como Citar

Antoneli, V., Bednarz, J. A., & Caian de Jesus, F. (2016). AVALIAÇÃO DA UMIDADE SUPERFICIAL DO SOLO EM CULTIVO DE TABACO EM PLANTIO DIRETO E CONVENCIONAL NA REGIÃO SUDESTE DO PARANÁ. Caminhos De Geografia, 17(59), 51–64. https://doi.org/10.14393/RCG175904

Edição

Seção

Artigos