POLÍTICAS DA UNIÃO EUROPEIA: INTERESSES E IMPLICAÇÕES PARA A COMERCIALIZAÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS BRASILEIROS

Autores

  • Tamara Silvana Menuzzi Diverio Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ - RS e Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI)
  • Rui Manuel de Sousa Fragoso Universidade de
  • Luiz Gustavo Zuliani da Silva Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI)

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG175807

Palavras-chave:

Negociação internacional, Grupos de Interesse, Jogos de dois Níveis.

Resumo

Este estudo buscou compreender as políticas de biocombustíveis adotadas pela União Europeia (UE) e Brasil, interesses e posições divergentes que se formam em torno das negociações comerciais de biocombustíveis. As reflexões sobre o assunto foram amparadas na teoria dos jogos de dois níveis, na qual parte-se do pressuposto de que toda negociação internacional envolve uma dimensão doméstica. Os resultados encontrados evidenciaram interesses heterogêneos e visões diferenciadas envolvendo a política para biocombustíveis na UE e Brasil. Foram percebidos, assim, dois modelos em disputa que representam públicos e visões diferenciadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tamara Silvana Menuzzi Diverio, Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ - RS e Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI)

Economista (UFSM), Doutorado em Desenvolvimento Rural, Pós-Doc (Universidade de

Rui Manuel de Sousa Fragoso, Universidade de

Doutor em Gestão de Empresas - Universidade de

Luiz Gustavo Zuliani da Silva, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI)

Economista (UFSM), Mestre em Desenvolvimento Regional.

Downloads

Publicado

27-06-2016

Como Citar

DIVERIO, T. S. M.; FRAGOSO, R. M. de S.; DA SILVA, L. G. Z. POLÍTICAS DA UNIÃO EUROPEIA: INTERESSES E IMPLICAÇÕES PARA A COMERCIALIZAÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS BRASILEIROS. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 17, n. 58, p. 103–116, 2016. DOI: 10.14393/RCG175807. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/30812. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos