COMPARAÇÃO FLOR͍STICA E FITOSSOCIOLÓGICA ENTRE FRAGMENTOS DE CERRADO GOIANO

Autores

  • Patrícia Oliveira da Silva Instituto Federal Goiano/campus Rio Verde
  • Paula Andréa Nascimento dos Reys Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • Karynna de Oliveira Araújo Rosa Universidade de Rio Verde

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG175805

Resumo

A fragmentação é uma das maiores ameaças à biodiversidade. Este trabalho teve como objetivo comparar a florística e fitossociologia de dois fragmentos de cerradão a fim de avaliar sobre eles os efeitos da fragmentação. Foram lançadas 14 parcelas e os indivíduos que apresentaram ≥ 10cm (CAP=1,30) foram marcados, medidos e identificados. Calculou-se para cada espécie os parâmetros: densidade, dominância, frequência, VI e VC, índices de diversidade de Shannon e a equabilidade de Pielou. O levantamento resultou em 52 espécies, 41 gêneros e 25 famílias. Ao todo foram mensurados 1025 indivíduos. Para o fragmento 1, a diversidade de Shannon H’ =3,1 e equabilidade de Pielou J’ =0,78 enquanto que o fragmento 2, H’ =1,9 e J’ =0,63. Chrysophyllum marginatum foi a mais abundante na área 1 e Tachigali subvelutina na área 2. Os fragmentos apresentaram riquezas diferentes da mesma forma ocorreu com a diversidade e equabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Oliveira da Silva, Instituto Federal Goiano/campus Rio Verde

Mestranda em Ciências Agrárias, Instituto Federal Goiano/campus Rio Verde

Paula Andréa Nascimento dos Reys, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Doutora em Biologia Vegetal. Docente da Universidade de Rio Verde

Karynna de Oliveira Araújo Rosa, Universidade de Rio Verde

Engenheira Ambiental, departamento de Engenharia Ambiental da Universidade de Rio Verde

Downloads

Publicado

27-06-2016

Como Citar

Silva, P. O. da, Reys, P. A. N. dos, & Rosa, K. de O. A. (2016). COMPARAÇÃO FLOR͍STICA E FITOSSOCIOLÓGICA ENTRE FRAGMENTOS DE CERRADO GOIANO. Caminhos De Geografia, 17(58), 68–80. https://doi.org/10.14393/RCG175805

Edição

Seção

Artigos