QUALIDADE AMBIENTAL EM ÁREAS VERDES PÚBLICAS NA PERIFERIA DE PRESIDENTE PRUDENTE (SP): OS EXEMPLOS DOS BAIRROS HUMBERTO SALVADOR E MORADA DO SOL

Autores

  • Mariana Cristina Cunha Souza Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNESP - Campus de Presidente Prudente.
  • Margarete C. Costa Trindade Amorim Professora Assistente Doutora em Geografia - FCT/UNESP, Campus de Presidente Prudente (SP).

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG175704

Palavras-chave:

Espaço Urbano. Segregação Social e Ambiental. Áreas Verdes Públicas.

Resumo

O espaço urbano produzido sob os interesses capitalistas torna-se o lugar onde padrões de diferenças e desigualdades socioespaciais são materializados. Considerando tal particularidade, este artigo teve como objetivo analisar a qualidade ambiental em três áreas verdes públicas de Presidente Prudente (SP), tendo em vista a condição de exclusão social dos bairros onde estão implantadas, e alguns aspectos históricos da expansão territorial urbana na cidade. A qualidade ambiental das áreas verdes foi mensurada com base nas referências bibliográfico-documentais e nos dados obtidos com a pesquisa empírica. O trabalho em campo, por sua vez, foi auxiliado pela observação sistemática e pela ficha de caracterização das áreas verdes, constituída de padrões de qualidade considerados como ideais. As análises estiveram relacionadas à localização espacial das áreas verdes públicas dentro dos limites do perímetro urbano. Acredita-se que o debate proposto seja importante, na medida em que os resultados apontam que determinados arranjos de produção do espaço urbano em Presidente Prudente e seu desenvolvimento histórico têm beneficiado minorias sociais, promovendo e acentuando diferenças e desigualdades socioespaciais na escala intraurbana, contribuindo para a diminuição da qualidade ambiental em loteamentos de interesse popular implantados, estrategicamente, em áreas descontínuas à malha urbana e/ou periféricas, tais como, os bairros estudados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Cristina Cunha Souza, Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNESP - Campus de Presidente Prudente.

Geografia - Grupo de pesquisa GAIA - Interações na superfície, água e atmosfera.

Downloads

Publicado

11-03-2016

Como Citar

CUNHA SOUZA, M. C.; AMORIM, M. C. C. T. QUALIDADE AMBIENTAL EM ÁREAS VERDES PÚBLICAS NA PERIFERIA DE PRESIDENTE PRUDENTE (SP): OS EXEMPLOS DOS BAIRROS HUMBERTO SALVADOR E MORADA DO SOL. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 17, n. 57, p. 59–73, 2016. DOI: 10.14393/RCG175704. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/29445. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos