PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE FREQUENTADORES DOS ESPAÇOS LIVRES PÚBLICOS: UM ESTUDO NO MUNICÍPIO DE CORRENTES - PE

Autores

  • Ana Maria Severo Chaves Universidade de Pernambuco / Campus Garanhuns
  • Maria Betânia Moreira Amador Prof ª. Drª. Adjunta da Universidade de Pernambuco - UPE/ Campus Garanhuns

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG165327211

Palavras-chave:

Geografia, Fenomenologia, Organização Espacial, Áreas Verdes Urbanas

Resumo

O presente trabalho aborda principalmente a percepção ambiental de frequentadores de espaços livres públicos a partir dos modos de usos e apropriação desses espaços urbanos no município de Correntes - Pernambuco. Esses espaços são privados ou públicos e desenvolvem uma funcionalidade própria decorrente dos fixos e fluxos presentes, entre suas principais finalidades encontra-se o uso coletivo, o qual é proporcionado por um espaço agradável, arborizado e que permite a permanência das pessoas, por certo tempo, devido à presença de bancos, ou apenas, espaço de circulação caracterizando o fluxo do lugar. Na categoria de espaços livres de construções têm-se praças e canteiros centrais, também, considerados áreas verdes. Apesar de serem espaços públicos, essas áreas passam por processos de apropriação advindos do desenvolvimento de alguma atividade específica com fins econômicos, que variam de acordo com a percepção dos indivíduos que a frequentam. Logo, objetivou-se a realização de um estudo sobre a importância dos espaços livres e da presença vegetal arbórea ou não, presentes na paisagem urbana de Correntes-PE através de abordagem sistêmica, considerando-se o verde urbano essencial para a sensação de bem estar, conforto e beleza para a população, que por sua vez, se apodera da mesma desfrutando de seus benefícios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Maria Severo Chaves, Universidade de Pernambuco / Campus Garanhuns

Técnica em Meio Ambiente pelo Instituto Federal de Pernambuco / Campus Garanhuns e Graduanda de Licenciatura em Geografia pela Universidade de Pernambuco / Campus Garanhuns

Downloads

Publicado

24-03-2015

Como Citar

CHAVES, A. M. S.; AMADOR, M. B. M. PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE FREQUENTADORES DOS ESPAÇOS LIVRES PÚBLICOS: UM ESTUDO NO MUNICÍPIO DE CORRENTES - PE. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 16, n. 53, p. 118–132, 2015. DOI: 10.14393/RCG165327211. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/27211. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos