SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - SP: ESTUDO DA CENTRALIDADE INTERURBANA E INTRAURBANA A PARTIR DE SEUS SHOPPING CENTERS

Autores

  • André Felipe Vilas de Castro FCT/UNESP Campus de Presidente Prudente

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG165326998

Palavras-chave:

Shopping Centers, Centralidade urbana, Reestruturação urbana, Região de influência, Redefinições regionais

Resumo

O presente artigo busca realizar uma breve reflexão sobre o processo de estruturação do espaço urbano tomando como base o papel dos shopping centers. Como um recente equipamento urbano, visto sua expansão no Brasil datar o início da década de 1980, estes espaços de comercialização de bens e serviços são bastante relevantes para compreender o atual processo de urbanização. Para o desenvolvimento deste estudo, procuramos atrelar qual a relação destes empreendimentos no tocante a sua localização, buscando compreender quais os fatores que levam os mesmos a se instalarem em determinado espaço da cidade. Não obstante, o papel do consumo e a redefinição das centralidades intra e interurbanas serão abordados, considerados de suma importância para o entendimento destes equipamentos nos espaços urbanos. Sendo assim, o estudo privilegiará a caracterização e análise de São José dos Campos, cidade de porte médio do interior do estado de São Paulo que apresenta na sua estrutura urbana três empreendimentos como elementos que modificam e revalorizam hábitos e condicionam diversas mudanças nas suas escalas de atuação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Felipe Vilas de Castro, FCT/UNESP Campus de Presidente Prudente

Departamento de Geografia. Geografia Humana

Downloads

Publicado

24-03-2015

Como Citar

DE CASTRO, A. F. V. SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - SP: ESTUDO DA CENTRALIDADE INTERURBANA E INTRAURBANA A PARTIR DE SEUS SHOPPING CENTERS. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 16, n. 53, p. 215–226, 2015. DOI: 10.14393/RCG165326998. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/26998. Acesso em: 10 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos