DESTINO FINAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NA CIDADE DE MONTE ALEGRE DE MINAS -MG

Autores

  • Cyntia Andrade Arantes Universidade Federal de Uberlândia
  • Manfred Fehr Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG134419613

Palavras-chave:

Resíduos sólidos, Destinação correta de resíduos, Coleta seletiva

Resumo

O presente artigo discute problemas causados pela destinação inadequada de lixo, que ficam mais evidentes na medida em que a quantidade dos resíduos aumentam, em proporção inversa à disponibilidade de espaço nas cidades para seu descarte. O objetivo, portanto, foi conhecer o histórico de Monte Alegre de Minas/MG, no que se trata de separação de lixo doméstico, coleta seletiva, destinação final do lixo. Inicialmente foi feita uma pesquisa bibliográfica sobre a história da cidade, posteriormente três pessoas ligadas à gestão do lixo foram entrevistadas e, foi realizada uma pesquisa com 10 moradores de cada bairro da cidade para analisar a relação da população com o lixo. Em 65% dos bairros a coleta é feita somente duas vezes por semana e somente 35% dos entrevistados sabem qual o destino final dos resíduos sólidos da cidade. A grande maioria das pessoas ouvidas (95%) nunca praticaram a coleta seletiva e 33% delas não pretendem fazê-la mesmo que as dificuldades para tal fossem sanadas. Os resultados demonstram como a relação da população com o lixo continua equivocada, com preconceitos e falta de interesse em buscar alternativas para resolver a questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cyntia Andrade Arantes, Universidade Federal de Uberlândia

Programa de Pós-Graduação em Geografia - Análise, Planejamento e Gestão Ambiental

Manfred Fehr, Universidade Federal de Uberlândia

Professor Voluntário do Programa de Pós-Graduação em Geografia

Downloads

Publicado

18-12-2012

Como Citar

ARANTES, C. A.; FEHR, M. DESTINO FINAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NA CIDADE DE MONTE ALEGRE DE MINAS -MG. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 13, n. 44, p. 239–248, 2012. DOI: 10.14393/RCG134419613. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/19613. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos