GEOGRAFIA E FENOMENOLOGIA: MERLEAU-PONTY E SUA INFLUÊNCIA NA GEOGRAFIA HUMANA

Autores

  • Marquessuel Dantas de Souza Faculdade Tereza Martin (FATEMA) - SP

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG144617889

Palavras-chave:

Geografia, Fenomenologia, Merleau-Ponty, Percepção, Espaço.

Resumo

O presente artigo busca discutir brevemente a importância e a influência da fenomenologia do filósofo francês Maurice Merleau-Ponty nas análises geográficas. Sumariamente, este pequeno esboço nos propõe, por assim dizer, uma reflexão compreensiva e fundamental da filosofia de Merleau-Ponty frente às pesquisas científicas em Geografia, muito embora sua contribuição não seja reconhecida por muitos profissionais geógrafos. Sobretudo, em se tratando da investigação espacial. Mas aqui, nos convém salientar o quanto a epistemologia deste filósofo é relevante à abordagem geográfica sob o prisma do espaço vivido e experienciado por quem o habita, independentemente de sua cultura. Três geógrafos serão considerados como os representantes dessa Geografia Humanista no Brasil, cuja metodologia está pautada na fenomenologia Merleau-Pontyana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marquessuel Dantas de Souza, Faculdade Tereza Martin (FATEMA) - SP

Gradua em Geografia com ênfase em Geografia Humana.

Downloads

Publicado

08-07-2013

Como Citar

DE SOUZA, M. D. GEOGRAFIA E FENOMENOLOGIA: MERLEAU-PONTY E SUA INFLUÊNCIA NA GEOGRAFIA HUMANA. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 14, n. 46, p. 265–272, 2013. DOI: 10.14393/RCG144617889. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/17889. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos