ESPAÇO, PAISAGEM E BIOTECNOLOGIA: PROMESSAS E REALIDADES APRESENTADAS NO FILME ‘A ILHA’

Autores

  • Camilo Darsie Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS University of Minnesota
  • Luís Henrique Sacchi dos Santos Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Palavras-chave:

Paisagem. Espaço. Biotecnologia. Cinema.

Resumo

Neste artigo é apresentada uma análise sobre questões relacionadas ao espaço geográfico e às novas tecnologias que envolvem a potencialização do corpo humano a partir da produção cinematográfica A Ilha. A escolha do filme, se deu em função de se acreditar que artefatos culturais como este agem no sentido de interpelar os sujeitos que formam as sociedades e, assim, fortalecem expectativas ligadas ao espaço e ao corpo. Portanto, considerando que áreas como a Geografia, a Biologia e a Educação podem ser relacionadas, faz-se uso do campo dos Estudos Culturais, como forma de articulá-las para o desenvolvimento de reflexões acerca de algumas promessas e realidades que são apresentadas no filme. Nesta direção, a partir da ficção, são abordados discursos que envolvem elementos como a paisagem, o espaço e as biotecnologias de modo a se observar como essas questões têm sido tratadas e transformadas culturalmente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

20-12-2012

Como Citar

Darsie, C., & Santos, L. H. S. dos. (2012). ESPAÇO, PAISAGEM E BIOTECNOLOGIA: PROMESSAS E REALIDADES APRESENTADAS NO FILME ‘A ILHA’. Caminhos De Geografia, 13(44). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/17783

Edição

Seção

Artigos