CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS DO MUNICÍPIO DE MAXIXE-MOÇAMBIQUE

Autores

  • Agostinho Fernando Universidade federal de Uberlândia
  • Samuel Do Carmo Lima Universidade Federal de Uberlândia

Palavras-chave:

Composição gravimétrica, resíduos Sólidos Urbanos e matéria orgânica.

Resumo

Em Moçambique e particularmente no município de maxixe, um dos problemas ambientais mais graves é o deficiente gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos que se carateriza pela baixa cobertura de coleta que abrange apenas 8,3% do município. Falta de tratamento e destinação final adequada, pessoal qualificado e especializado, instrumentos legais relacionados com os resíduos e escassez de informações para realização de estudos e posterior planejamento das ações. Em Moçambique, existem poucos municípios com estudos sobre a caraterização dos resíduos sólidos urbanos, podendo destacar as Cidades de Maputo e Matola, respectivamente. O presente artigo tem como objetivo principal caraterizar os resíduos sólidos no município de Maxixe em Moçambique. O trabalho de campo foi realizado entre os meses de janeiro à março de 2012. Para amostragem da caracterização gravimétrica dos resíduos sólidos foi realizada uma escolha aleatória de amostras dos três bairros, que são beneficiados pela coleta de resíduos sólidos, nomeadamente, chambone, malalane e rumbana, respectivamente. Foram coletadas dez amostras em cada bairro, o que equivale trinta amostras no total. Os resultados do presente estudo concluíram que a maior porcentagem dos resíduos sólidos urbanos gerados em Maxixe é composta por matéria orgânica seguida de matéria fina ou agregados finos e poucas quantidades de materiais recicláveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

18-10-2012

Como Citar

Fernando, A., & Lima, S. D. C. (2012). CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS DO MUNICÍPIO DE MAXIXE-MOÇAMBIQUE. Caminhos De Geografia, 13(43). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/17460

Edição

Seção

Artigos