ARQUEOLOGIA HISTÓRICA NA REGIÃO DA PONTA DO POÇO, MUNICÍPIO DE PONTAL DO PARANÁ, PARANÁ: ESTUDO DE UM SÍTIO ARQUEOLÓGICO POR MÉTODOS NÃO INTERVENTIVOS

Autores

  • Marcos de Vasconcellos Gernet Universidade Federal do Paraná
  • Carlos João Birckolz Universidade Federal do Paraná
  • Elizângela da Veiga Santos Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG134416815

Palavras-chave:

Sítio arqueológico, Tradição Neobrasileira, Litoral paranaense

Resumo

O sítio arqueológico que constitui o objeto deste estudo localiza-se na entrada da baía de Paranaguá, na região conhecida como Ponta do Poço, município de Pontal do Paraná. O local onde foram encontrados vestígios abrange uma área de 3431 m². A ocorrência de objetos de significativo interesse arqueológico foi detectada pela primeira vez em 2001, quando foram encontrados fragmentos de cerâmica pertencentes à tradição denominada Neobrasileira (cerâmica de contato). Em 2007 com a necessidade de elaboração do EIA-RIMA para a construção do Terminal de Contêineres de Pontal do Paraná, a equipe responsável pelo levantamento arqueológico, em trabalho de campo, constatou a existência de diversos sítios na área. A presença de fragmentos de cerâmica, materiais ferrosos, vidros e diversos outros objetos que afloravam na região praial, indicavam a presença de antigas ocupações naquele local. Neste trabalho é feita uma abordagem histórica da ocupação do litoral paranaense, em especial da região da Ponta do Poço, a partir dos objetos encontrados no sítio arqueológico. A pesquisa foi realizada utilizando-se da metodologia de prospecção visual, sem coleta de material. Foram localizados um total de 1478 peças, incluindo vidraria, cerâmica, porcelanas, objetos metálicos e restos faunísticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

18-12-2012

Como Citar

GERNET, M. de V.; BIRCKOLZ, C. J.; SANTOS, E. da V. ARQUEOLOGIA HISTÓRICA NA REGIÃO DA PONTA DO POÇO, MUNICÍPIO DE PONTAL DO PARANÁ, PARANÁ: ESTUDO DE UM SÍTIO ARQUEOLÓGICO POR MÉTODOS NÃO INTERVENTIVOS. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 13, n. 44, p. 75–88, 2012. DOI: 10.14393/RCG134416815. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16815. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos