LA CONSTRUCCIÓN BLANCA Y EUROPEA DEL ESTADO-NACIÓN ARGENTINO: AFRODESCENDIENTES EN SAN RAFAEL, PROVINCIA DE MENDOZA (ARGENTINA), EN EL REGISTRO FOTOGRÁFICO DE JUAN PI (1903-1933)

Autores

  • Cecilia V. Pérez Winter arqueologa
  • Agustín Guillermo Martinelli Investigador

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG134316762

Palavras-chave:

Estado-Nação argentino, Afrodescendentes, Registro Fotográfico, San Rafael (provincia de Mendoza), Século XX

Resumo

No final do século XIX fomentou-se o mito da "Argentina branca e europeia" desde o próprio governo e apoiado por alguns acadêmicos das Ciências Sociais. Isso gerou a "invisibilidade" dos afrodescendentes nesse País. Assim mesmo, Juan Pi, fotógrafo da cidade de San Rafael, província de Mendoza (Argentina), registrou com a sua câmera vários eventos importantes daquela cidade e seus arredores durante a primeira metade do século XX. Em suas fotos ficou registrada a presença de afrodescendentes nesse período. O objetivo do trabalho é mostrar a existência de afrodescendentes na Argentina através da Coleção Fotográfica de Juan Pi (pai e filho), que se encontra armazenada no Museo de História Natural de San Rafael (província de Mendoza), em um momento em que se tem escassas informações sobre a vida deles.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-09-2012

Como Citar

WINTER, C. V. P.; MARTINELLI, A. G. LA CONSTRUCCIÓN BLANCA Y EUROPEA DEL ESTADO-NACIÓN ARGENTINO: AFRODESCENDIENTES EN SAN RAFAEL, PROVINCIA DE MENDOZA (ARGENTINA), EN EL REGISTRO FOTOGRÁFICO DE JUAN PI (1903-1933). Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 13, n. 43, p. 127–143, 2012. DOI: 10.14393/RCG134316762. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16762. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos