A COLONIZAÇÃO NO NORTE CENTRAL PARANAENSE E A COMUNIDADE DE SUSSUÍ

Autores

  • Carina Petsch Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Jéssica Barion Monteiro Universidade Estadual de Maringá

Resumo

A região Norte do estado do Paraná é conhecida pelos solos férteis provenientes dos derrames basálticos que atraíram imigrantes de várias partes. O objetivo desta pesquisa é a caracterização histórica, cultural e paisagística da comunidade alemã de Sussuí, localizada em Engenheiro Beltrão – PR. A metodologia se baseia em entrevistas com moradores da comunidade, resgate fotográfico da área, cartas de uso do solo denotando as mudanças no espaço rural utilizando Sistemas de Informação Geográfica. Esta comunidade se estabeleceu a partir de alemães que se deslocaram de Santa Catarina para o Paraná na década de 1940, buscando as terras férteis para plantio de café no norte paranaense. Os aspectos culturais no início da comunidade eram fortes, através da construção de um clube para celebração com danças, comidas, músicas típicas, além de o idioma falado ser geralmente o alemão. A partir da década de 1970, as lavouras de café foram praticamente extirpadas e substituídas por culturas temporárias. Quanto à evolução da paisagem, a principal mudança de 1980 para o ano de 2010 foi a área com café que diminuiu de 3,01 km² para 0,10 km², e a cana-de-açúcar que não era encontrada em 1980 e em 2010 ocupa 4,27 km².

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

11-01-2013

Como Citar

Petsch, C., & Monteiro, J. B. (2013). A COLONIZAÇÃO NO NORTE CENTRAL PARANAENSE E A COMUNIDADE DE SUSSUÍ. Caminhos De Geografia, 13(44). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16742

Edição

Seção

Artigos