ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA OCUPAÇÃO DO SOLO NA VARIAÇÃO TERMO-HIGROMÉTRICA POR MEIO DE TRANSECTOS NOTURNOS EM CUIABÁ-MT

Autores

  • Flávia Maria de Moura Santos Universidade Federal de Mato Grosso
  • Marta Cristina de Jesus Albuquerque Nogueira Universidade Federal de Mato Grosso

Resumo

Os grandes aglomerados urbanos acabam criando um verdadeiro clima urbano gerado através da interferência dos fatores que se processam sobre a camada de limite urbano e que agem alterando o clima em escala local. As características urbanas associadas aos tipos e graus de adensamento e uso que recobrem o solo têm a capacidade de modificar os elementos climáticos que compõem a atmosfera local. Desta forma, esta pesquisa teve como objetivo a identificação das diferenças de temperatura e umidade intraurbana de Cuiabá-MT, por meio de transectos móveis noturno. Foram feitas medições em pontos pré-estabelecidos com diferentes ocupações do solo, utilizando-se um termohigrômetro digital, protegido por abrigo, acoplado na lateral de um veículo que saiu da periferia (rural), passou pelo centro e chegou ao extremo oposto da cidade. Destaca-se que áreas sob influência de grandes massas de vegetação, apresentaram características próprias com microclima diferentes as outras áreas da cidade, já que há uma contribuição na perda de energia para o meio e conseqüente queda de temperatura e aumento da umidade relativa do ar, evidenciando-se a importância da implantação de parques urbanos em locais de clima rigoroso como o de Cuiabá.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

09-04-2012

Como Citar

de Moura Santos, F. M., & de Jesus Albuquerque Nogueira, M. C. (2012). ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA OCUPAÇÃO DO SOLO NA VARIAÇÃO TERMO-HIGROMÉTRICA POR MEIO DE TRANSECTOS NOTURNOS EM CUIABÁ-MT. Caminhos De Geografia, 13(41). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16687

Edição

Seção

Artigos