VERIFICAÇÃO DE APTIDÃO DE ÁREAS SELECIONADAS PARA INSTALAÇÃO DE PARQUE DE LAZER URBANO POR MEIO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS: O CASO DE PARANAGUÁ - PR

Autores

  • Roberto Carlos Pinto
  • Everton Passos
  • Sony Cortese Caneparo

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG134316647

Palavras-chave:

Equipamentos, Paranaguá, Parque Público, Sistemas de Informações Geográficas, Lógica Fuzzy

Resumo

A importância da manutenção da qualidade de vida é cada vez maior, principalmente em áreas urbanas, caracterizadas pela concentração populacional e onde os problemas ambientais se multiplicam. A cidade de Paranaguá - PR, devido sua fragilidade ambiental, necessita de uma atenção especial, na busca do equilíbrio entre o uso e ocupação do solo e a manutenção de bons níveis de qualidade ambiental e conseqüentemente das condições de vida. A instalação de novos parques públicos está presente como proposta do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado do município em questão, tendo como área indicada, o depósito de lixo municipal e áreas contíguas, que conta também com lagos artificiais de origem relacionada a desativação de minas de exploração de areia, área essa que ganha importância devido ao estado atual de degradação ambiental. Visando verificar a aptidão da área em receber a referida infraestrutura utilizou-se dos Sistemas de Informações Geográficas apoiado em análise multicritérios, considerando variáveis do meio físico e socioeconômico que possibilitou a classificação da referida área como de grande potencial para receber os equipamentos do parque. Os critérios avaliados foram submetidos à padronização fuzzy, agregados e compensados pelo processo de Combinação Linear Ponderada, resultando no mapeamento final do potencial da área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-09-2012

Como Citar

PINTO, R. C.; PASSOS, E.; CANEPARO, S. C. VERIFICAÇÃO DE APTIDÃO DE ÁREAS SELECIONADAS PARA INSTALAÇÃO DE PARQUE DE LAZER URBANO POR MEIO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS: O CASO DE PARANAGUÁ - PR. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 13, n. 43, p. 82–101, 2012. DOI: 10.14393/RCG134316647. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16647. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos