O CONCEITO DE MEIO TÉCNICO-CIENTÍFICO-INFORMACIONAL EM MILTON SANTOS E A NÃO-VISÃO DA LUTA DE CLASSES

Autores

  • Lucas Maia

Palavras-chave:

meio técnico-científico-informacional, Milton Santos, luta de classes.

Resumo

Este texto visa discutir o conceito de meio técnico-científico-informacional em Milton Santos. A tese que defendemos é que no processo de construção do conceito, Milton Santos não considerou ou só considerou de modo secundário a luta de classes. Isto tem implicações metodológicas e políticas de certa importância. Após discutir como o autor elaborou o conceito em pelo menos duas décadas considerando a questão, apresentamos em seguida nossa apreciação crítica, demonstrando como ele desconsiderou as lutas de classes na constituição do meio técnico-científico-informacional. Para a realização deste estudo, analisamos fundamentalmente a obra A Natureza do Espaço, texto no qual ele desenvolve de modo mais acabado o conceito de meio técnico-científico. Consideramos também, de modo mais secundário, um conjunto de outros textos nos quais ele aborda direta ou indiretamente a questão. Nossa intenção não foi desconsiderar a contribuição deste autor para as pesquisas em Geografia. Pelo contrário, queremos, a partir do que ele nos legou, aprofundar as discussões relativas a este conceito, que muito tem ainda de elementos explicativos da realidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Maia

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal de Goiás (2005), mestrado em Geografia também pela Universidade Federal de Goiás (2008). Atualmente é doutorando do programa de pesquisa e pós-gradução em Geografia da UFG.

Downloads

Publicado

09-04-2012

Como Citar

Maia, L. (2012). O CONCEITO DE MEIO TÉCNICO-CIENTÍFICO-INFORMACIONAL EM MILTON SANTOS E A NÃO-VISÃO DA LUTA DE CLASSES. Caminhos De Geografia, 13(41). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16629

Edição

Seção

Artigos