PERCEPÇÃO DE RISCO NO USO DE AGROTÓXICOS NA PRODUÇÃO DE TOMATE DO DISTRITO DE NOVA MATRONA, SALINAS, MINAS GERAIS.

Autores

  • SANTINA APARECIDA FERREIRA MENDES NIVALDO MENDES NOGUEIRA E ADIR PEREIRA DAVID
  • MILTON FERREIRA DA SILVA J

Palavras-chave:

Agrotóxicos, percepção de risco, tomate

Resumo

A partir da década de 50, o processo tradicional de trabalho na agricultura sofreu profundas mudanças mediante a adoção de novas tecnologias e o uso extensivo de agentes químicos. Sem o devido acompanhamento de um programa de qualificação da força de trabalho, as comunidades rurais ficaram expostas a um conjunto de riscos. A pesquisa foi realiza no distrito de Nova Matrona, município de Salinas, norte de Minas Gerais, cujo objetivo principal foi avaliar a percepção de riscos econômicos, ambientais e à saúde humana no uso de agrotóxicos junto aos produtores de tomate. Foram escolhidas e combinadas diferentes técnicas de pesquisa: história de vida para a reconstituição do processo histórico de implantação da cultura de tomate e entrevista semi-estruturada. Os resultados da pesquisa demonstraram que a percepção de risco é construída, coletivamente, no contexto sócioeconômico e cultural dos sujeitos, como também ela é permeada pela rede de comunicação rural e pela própria subjetividade de cada produtor em suas atividades laborais, sugerindo-se a implementação de estratégias de comunicação e gerenciamento de riscos e a adoção de alternativas concretas de produção menos agressivas à saúde humana e ao meio ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

SANTINA APARECIDA FERREIRA MENDES, NIVALDO MENDES NOGUEIRA E ADIR PEREIRA DAVID

Natural de Mortugaba-BA, casada, Licenciada em História (UNIMONTES-MG); especializada em Gestão de Programas de Reforma Agrária e Assentamento (UFLA-MG); Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente (UESC-BA); Atualmente, exerce a função de professora de História e Filosofia do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Salinas, bem como de coordenadora do grupo de teatro "Cores da Vida" e dos projetos realizados anualmente: Seminário de Meio Ambiente e FECAMPUS - Festival de Educação, Canção, Cultura e Arte do Campus Salinas. Preside ainda o NAPNE (Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas) do Campus.

MILTON FERREIRA DA SILVA J

Professor Doutor do Programa Regional de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente - PRODEMA da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)- BA (Mestrado e Doutorado).

Downloads

Publicado

23-10-2011

Como Citar

FERREIRA MENDES, S. A., & FERREIRA DA SILVA J, M. (2011). PERCEPÇÃO DE RISCO NO USO DE AGROTÓXICOS NA PRODUÇÃO DE TOMATE DO DISTRITO DE NOVA MATRONA, SALINAS, MINAS GERAIS. Caminhos De Geografia, 12(39). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16573

Edição

Seção

Artigos