EXPANSÃO DAS LOJAS DE BAIRRO E O COMÉRCIO DE AUTOSSERVIÇO EM UBERLÂNDIA-MG

Autores

  • João Paulo Gomes da Silva Universidade Federal de Uberlândia
  • Geisa Daise Gumiero Cleps Universidade Federal de Uberlândia

Palavras-chave:

Comércio de bairro. Espaço urbano. Cidades médias. Autosserviço. Uberlândia (MG).

Resumo

Com quase cinco décadas de implantação no Brasil, o supermercado tornou-se parte essencial da paisagem de qualquer cidade média brasileira, assim como um elemento indissociável do modo de vida e das preocupações de qualquer consumidor. As lojas de vizinhança representam uma forte área de convergência do consumo, principalmente por se tratar de um segmento que comercializa, em primeira instância, gêneros de necessidade básica. Neste sentido, nos últimos anos, em razão de transformações econômicas, sociais, culturais e nos sistemas de transportes, é possível perceber uma relativa diminuição da função comercial do centro das cidades, tanto nas metrópoles quanto em cidades médias, devido à expansão do tecido urbano para novas áreas e a criação de subcentros comerciais, onde tem ocorrido a instalação de superfícies de vendas, principalmente no segmento de autosserviço. Neste sentido, busca-se no presente trabalho esclarecer a dinâmica do comércio de bairro, em especial a descentralização espacial do comércio de autosserviço na cidade de Uberlândia (MG) e a expansão das lojas de vizinhança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

23-10-2011

Como Citar

Gomes da Silva, J. P., & Gumiero Cleps, G. D. (2011). EXPANSÃO DAS LOJAS DE BAIRRO E O COMÉRCIO DE AUTOSSERVIÇO EM UBERLÂNDIA-MG. Caminhos De Geografia, 12(39). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16534

Edição

Seção

Artigos