PADRÃO DE FRAGMENTAÇÃO DA VEGETAÇÃO NATIVA NA ZONA RURAL ASSOCIADA AO PERÍMETRO URBANO DE RONDONÓPOLIS, MATO GROSSO

Autores

  • Fábio Junior Rohling Universidade Federal de Mato Grosso - Estudante
  • Normandes Matos da Silva Universidade Federal de Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG134116527

Palavras-chave:

Fragmentação de habitats, Ecologia de Paisagens, Planejamento Ambiental

Resumo

Fragmentos de vegetação nativa do bioma Cerrado foram selecionados e hierarquizados em termos de índices quantitativos (área e forma), que representam métricas de análise da Ecologia de Paisagens. Foram avaliados 30 fragmentos de cerrado, de diversos tamanhos e formas, dispostos em regiões de interflúvio. Houve o mapeamento dos fragmentos a partir de imagens de satélite, ocorrendo os cálculos das métricas da paisagem. Na paisagem avaliada, o menor fragmento apresentou 1,83 ha, enquanto o maior apresentou 16,5 ha. O menor valor obtido, em termos de índice de forma, foi de 1,15 e o maior valor foi de 2,14. No gradiente de fragmentos, constata-se que fragmentos menores e mais irregulares devem receber atenção quanto à prioridade de restauração ecológica, para ocorrer maior permeabilidade da matriz antrópica, que, na região, é composta essencialmente por pasto plantado. Com isso, haveria a integração dos fragmentos com a rede de corredores ripários das matas ciliares do rio Vermelho, córrego Pintaluga, córrego Macaco e córrego Lageadinho, que nascem na zona rural e se dirigem para a periferia e interior do perímetro urbano de Rondonópolis. Os dados da pesquisa são estratégicos para o planejamento territorial de Rondonópolis, principalmente em termos de aperfeiçoamento do plano diretor municipal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Junior Rohling, Universidade Federal de Mato Grosso - Estudante

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade de Cuiabá e Especialista em Tecnologia Ambiental, pela Universidade Federal de Mato Grosso, Campus de Rondonópolis, desenvolvendo monografia na área de Ecologia Paisagens.

Normandes Matos da Silva, Universidade Federal de Mato Grosso

Licenciado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (1996), Mestre em Ecologia e Conservação da Biodiversidade pela Universidade Federal de Mato Grosso (2000) e Doutor em Ecologia de Ecossistemas Terrestres e Aquáticos pela Universidade de São Paulo (2008). Entre 2006 e 2007, fui avaliador de cursos técnicos e de graduação do Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso. Atuei como conselheiro e delegado do CRBio-01 (MT) entre 2007 e 2008. Além disso, trabalhei como analista de meio ambiente na Secretaria Estadual de Meio Ambiente de Mato Grosso (2006-2008). Atualmente é Professor Adjunto I da UFMT, no curso de Engenharia Agrícola e Ambiental, campus de Rondonópolis. Minhas áreas de pesquisa são as seguintes: geoprocessamento, sensoriamento remoto, planejamento e manejo de unidades de conservação, planejamento do uso das terras e seleção de áreas prioritárias para conservação da biodiversidade, por meio de sistema de informações geográficas.

Downloads

Publicado

15-03-2012

Como Citar

ROHLING, F. J.; DA SILVA, N. M. PADRÃO DE FRAGMENTAÇÃO DA VEGETAÇÃO NATIVA NA ZONA RURAL ASSOCIADA AO PERÍMETRO URBANO DE RONDONÓPOLIS, MATO GROSSO. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 13, n. 41, p. 42–51, 2012. DOI: 10.14393/RCG134116527. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16527. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos