ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA MENTAL E O ENSINO DE GEOGRAFIA

Autores

  • Danubia Mamede Pires Universidade Federal de Uberlândia
  • Adriany de Avila Melo Sampaio Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG113616169

Palavras-chave:

Inclusão, Educação Especial, Escola.

Resumo

O objetivo do trabalho foi conhecer as necessidades educacionais apresentadas por alunos com deficiência mental, bem como os tipos de materiais e métodos que a Geografia poderia utilizar para seu desenvolvimento. No Brasil, o processo de inclusão de alunos com necessidades educativas especiais vem acontecendo lentamente em escolas de ensino regular. Mesmo com todas as garantias legais,
esses alunos nem sempre encontram escolas e professores preparados que os ensinem como eles precisam, ficando assim a educação desacreditada e desacreditando-se na inclusão como algo eficiente para o desenvolvimento destes alunos. Neste contexto, parte-se para a necessidade de estudos que desenvolvam técnicas e métodos de trabalho com esses alunos, de forma mais
interessante para os mesmos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danubia Mamede Pires, Universidade Federal de Uberlândia

Licenciada em Geografia pela UFU.

Adriany de Avila Melo Sampaio, Universidade Federal de Uberlândia

Graduada em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia em 1997; Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia, em 2001, Doutora em Geografia, pela Univesidade Federal do Rio de Janeiro em 2006. Coordenadora do Laboratório de Ensino de Geografia do Instituto de Geografia - UFU; Orienta estudantes de Graduação e Pós-Graduação em Geografia nas áreas de Ensino de Geografia, Formação Docente, Cartografia Escolar e Educação Especial e Inclusiva .

Downloads

Publicado

02-01-2011

Como Citar

PIRES, D. M.; SAMPAIO, A. de A. M. ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA MENTAL E O ENSINO DE GEOGRAFIA. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 11, n. 36, p. 181–194, 2011. DOI: 10.14393/RCG113616169. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16169. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos