A IDÉIA DE MODERNIDADE E A INTERIORIZAÇÃO DAS UNIVERSIDADES NO BRASIL: A GEOGRAFIA NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

Autores

  • Junia de Freitas Knychala Iniciação Científica Instituto de Geografia
  • Rita C.M.S. Anselmo Prof. Adj. - Instituto de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG103116128

Palavras-chave:

Curso de Geografia, Uberlândia, interiorização

Resumo

O presente artigo buscou apreender o processo de instalação da Geografia acadêmica e das universidades no interior do Brasil, por meio do resgate histórico da fundação do curso de Geografia em Uberlândia. Esse resgate foi operado por meio de documentos oficiais disponíveis e de entrevistas com os primeiros professores, compreendendo a Geografia perante o contexto maior de "interiorizaçãoâ€? da ocupação do território e da modernidade nesses espaços, levando-se em conta que esse fenômeno deu-se por dentro de um processo mais amplo de "ordenamentoâ€? do território brasileiro implementado sob a lógica da modernização técnica exigida pelo capital. O curso de Geografia de Uberlândia se insere no contexto de desenvolvimento da ciência, resgatando a análise desde sua institucionalização, perpassando pelo tratamento que foi sendo dado às categorias de análise geográficas e que linhas teórico-metodológicas foram se sedimentando no sentido mais amplo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rita C.M.S. Anselmo, Prof. Adj. - Instituto de Geografia

possui mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1995) e doutorado em Geografia (Organizacao do Espaco) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000). Atualmente é professor adjunto 1 da Universidade Federal de Uberlândia . Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em História do Pensamento Geográfico, atuando principalmente nos seguintes temas: pensamento geográfico, geografia política, formação nacional e formação territorial do Brasil.

Downloads

Publicado

30-09-2009

Como Citar

KNYCHALA, J. de F.; ANSELMO, R. C. A IDÉIA DE MODERNIDADE E A INTERIORIZAÇÃO DAS UNIVERSIDADES NO BRASIL: A GEOGRAFIA NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 10, n. 31, p. 109–116, 2009. DOI: 10.14393/RCG103116128. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16128. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos