OS PROCESSOS ESPACIAIS NA CIDADE DE ITABAIANA-SE: O ESTUDO DE CASO DO BAIRRO PORTO

Autores

  • Fábio Ferreira Santos Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG124016092

Palavras-chave:

cidade, morfologia urbana, reprodução do espaço, fenômeno urbano, festas

Resumo

A cidade reflete as características da sociedade, onde os processos na forma de um ambiente físico construído sobre o espaço geográfico produzem forma, movimento e conteúdo sobre o espaço urbano. A especulação imobiliária é cada vez mais constante e os modos de ocupação do espaço pela sociedade, são baseados nos mecanismos de apropriação privada, na qual o uso do solo torna-se um meio de condição para o processo de produção da humanidade, que impõe uma determinada configuração ao espaço urbano. O uso do solo urbano em Itabaiana vem sendo absorvido pela onda de supervalorização, visto que nos momentos de festa micarana, surge os "alugueis�? no espaço urbano onde ocorrem as festividades. Nessa perspectiva, abordaremos a origem de Itabaiana e suas contradições no processo de reprodução do espaço, analisando a morfologia urbana e a dinamicidade urbana da cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Ferreira Santos, Universidade Federal de Sergipe

graduando em geografia pela Universidade Federal de Sergipe e membro do grupo de pesquisa: MOVIMENTOS SOCIAIS,POLITICAS P

Downloads

Publicado

31-12-2011

Como Citar

SANTOS, F. F. OS PROCESSOS ESPACIAIS NA CIDADE DE ITABAIANA-SE: O ESTUDO DE CASO DO BAIRRO PORTO. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 12, n. 40, p. 271–277, 2011. DOI: 10.14393/RCG124016092. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16092. Acesso em: 22 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos