USO DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS PARA A ESTIMATIVA DAS TEMPERATURAS DO AR MÉDIAS, MÁXIMAS E MÁNIMAS, MENSAIS E ANUAIS NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

Autores

  • Kennedy Ribeiro da Silva mestrando em Ciências florestais - UFES
  • Roberto Avelino Cecílio Prof. Dr. em Engenharia agrícola - UFES

Palavras-chave:

altitude, planejamento agrícola, estações meteorológicas

Resumo

O conhecimento da temperatura do ar é fundamental para a condução de estudos de planejamento agrícola, de uso do solo, de classificação ecológica, e de zoneamentos de aptidão climática das culturas. O objetivo do trabalho é desenvolver RNA's capazes de prover estimativas das temperaturas do ar mínimas, médias e máximas, em escalas mensais e anuais. A área de estudo compreende o estado do Espírito Santo, localizado na região sudeste do Brasil. As RNA's desenvolvidas, no geral, não apresentaram bom desempenho. Na distribuição térmica para o estado do Espírito Santo pode se verificar que as temperaturas médias variaram entre 15 ºC e 27ºC, com maiores temperaturas máximas nas regiões norte e litorânea. Com relação às temperaturas mínimas, verifica-se que houve grande variação entre a região litorânea e a região serrana demonstrando valores entre 12ºC e 21ºC.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kennedy Ribeiro da Silva, mestrando em Ciências florestais - UFES

Graduação em Engenharia florestal, mestrando em Ciências florestais.

Roberto Avelino Cecílio, Prof. Dr. em Engenharia agrícola - UFES

Graduação Engenharia agrícola, Mestre em Engenharia agrícola, Doutorado em Engenharia agrícola - UFES

Downloads

Publicado

23-08-2010

Como Citar

Silva, K. R. da, & Cecílio, R. A. (2010). USO DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS PARA A ESTIMATIVA DAS TEMPERATURAS DO AR MÉDIAS, MÁXIMAS E MÁNIMAS, MENSAIS E ANUAIS NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. Caminhos De Geografia, 11(34). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16012

Edição

Seção

Artigos