MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA LARGURA E PROFUNDIDADE DO TRECHO INICIAL DA TRILHA DA ASA DELTA, MORRO DO ANHANGAVA - PR

Autores

  • Tiago Nunes Mestrando em Ciências do Solo/UFPR
  • Rafael Briones Matheus Aluno de especialização em Análise Ambiental/UFPR
  • Edson Struminski Doutor em Meio Ambiente e Desenvolvimento/UFPR

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG92715894

Palavras-chave:

Trilhas, impactos ambientais e monitoramento

Resumo

Entre os impactos ambientais negativos mais comuns oriundos do uso público na Serra do Mar está a abertura e uso das trilhas em encostas com alta declividade que resultam em incêndios florestais, processos erosivos e movimentos de massa. O presente trabalho é justificado pelo fato da face noroeste do morro do Anhangava, onde se localiza a chamada trilha da Asa Delta, ser extremamente frágil, pois o relevo é forte ondulado, os solos predominantes são pouco desenvolvidos e o índice pluviométrico é elevado. A vegetação no entorno desta trilha é vulnerável a ocorrência de incêndios florestais, pois encontra-se nos estágios inicial e intermediário de sucessão secundária. Os impactos na área são agravados devido ao fluxo intenso de visitantes, principalmente durante a Missa de 1º de Maio que ocorre no Anhangava, dia em que transitam mais de 1500 pessoas na trilha. Devido a estas características, após a elaboração do trabalho, foi constatado que com a implantação das medidas de recuperação em 1996 e 1997, o trecho inicial da trilha apresentou uma diminuição significativa na largura e na profundidade. No entanto, com o passar quase uma década após o termino das atividades intensas de manejo, em dezembro de 1997, a largura da trilha em grande parte dos pontos amostrais seguiu diminuindo, entretanto, a profundidade aumentou em quase todos os pontos. Palavras-chave: Trilhas, impactos ambientais e monitoramento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-09-2008

Como Citar

NUNES, T.; MATHEUS, R. B.; STRUMINSKI, E. MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA LARGURA E PROFUNDIDADE DO TRECHO INICIAL DA TRILHA DA ASA DELTA, MORRO DO ANHANGAVA - PR. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 9, n. 27, p. 188–200, 2008. DOI: 10.14393/RCG92715894. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15894. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos