Enchentes repentinas na cidade de Belém - PA: condições climáticas associadas e impactos sociais no ano de 1987 / SUDDEN FLOODS IN THE BELÉM CITY, BRAZIL: CLIMATIC CONDITIONS ASSOCIATED AND SOCIAL IMPACTS IN THE YEAR OF 1987

Autores

  • João Paulo Nardin Tavares

Palavras-chave:

precipitação, urbanização

Resumo

A cidade de Belém, capital do Estado do Pará, é uma das regiões mais chuvosas da Amazônia (>2000mm.Ano-¹), devido à forte atividade convectiva. A cidade de Belém representa a experiência de maior aglomeração urbana em toda a região amazônica. Os municípios da Grande Belém comportam aproximadamente 3 milhões de habitantes. Neste sub-espaço têm sido registrados, nos últimos 20 anos, as mais altas taxas de ocupação humana na Amazônia. Por isso, em qualquer época do ano, uma tempestade forte que produza um elevado total de precipitação pode acarretar vários problemas à população da cidade. Neste trabalho, baseados em dados diários de precipitação, análises climáticas e registros jornalísticos, são discutidas as causas das enchentes repentinas em Belém, e como o acelerado crescimento da cidade influenciou nos impactos causados pelas enchentes. Será analisada a questão, por exemplo, de se uma certa quantidade de precipitação necessária para provocar enchentes em 1987 é a mesma vinte anos depois.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Nardin Tavares

Meteorologista, Discente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Universidade Federal do Pará.

Downloads

Publicado

05-01-2009

Como Citar

Tavares, J. P. N. (2009). Enchentes repentinas na cidade de Belém - PA: condições climáticas associadas e impactos sociais no ano de 1987 / SUDDEN FLOODS IN THE BELÉM CITY, BRAZIL: CLIMATIC CONDITIONS ASSOCIATED AND SOCIAL IMPACTS IN THE YEAR OF 1987. Caminhos De Geografia, 9(28). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15746

Edição

Seção

Artigos