SISTEMA DE TRATAMENTO ALTERNATIVO DE EFLUENTES UTILIZANDO MACRÓFITAS AQUÁTICAS: UM ESTUDO DE CASO DO TRATAMENTO DE EFLUENTES FRIGORÍFICOS POR Pistia stratiotes e Eichhornia crassipes

Autores

  • Artur Monteiro Leitão Júnior PET Geografia - UFU
  • Dayane Zandonadi Soares PET Geografia - UFU
  • Alfredo Arantes Guimarães Universidade Federal de Uberlândia
  • José Luís Bianchi Universidade Federal de Uberlândia
  • Leonardo Dias Rezende Universidade Federal de Uberlândia
  • Genilda Maria de Oliveira Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

De acordo com Braile (1983), efluente é uma "substância líquida, com predominância de água, contendo moléculas orgânicas ou inorgânicas das substâncias que não se precipitam por gravidade�?. Assim, diante da necessidade de tratamento dos efluentes, as macrófitas aquáticas Eichhornia crassipes (aguapé) e Pistia stratiotes (alface d'água), as quais possuem o papel de purificação dos corpos hídricos, foram utilizadas para este fim; nesse caso, testou-se experimentalmente o desempenho das referidas macrófitas no tratamento secundário, sem o tratamento prévio, do efluente frigorífico das linhas mista e vermelha. Para avaliação do desempenho, realizaram-se análises visuais e físico-químicas, as quais demonstraram que a utilização desses organismos diretamente sobre o efluente bruto não mostrou eficácia, em virtude da mortalidade das plantas. Não obstante, vale salientar que as experiências não-exitosas indicam a necessidade de adequação das metodologias, buscando sempre técnicas mais eficientes e acessíveis economicamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

19-10-2007

Como Citar

Júnior, A. M. L., Soares, D. Z., Guimarães, A. A., Bianchi, J. L., Rezende, L. D., & Oliveira, G. M. de. (2007). SISTEMA DE TRATAMENTO ALTERNATIVO DE EFLUENTES UTILIZANDO MACRÓFITAS AQUÁTICAS: UM ESTUDO DE CASO DO TRATAMENTO DE EFLUENTES FRIGORÍFICOS POR Pistia stratiotes e Eichhornia crassipes. Caminhos De Geografia, 8(23). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15659

Edição

Seção

Artigos