CARACTERIZAÇÃO DO MEIO FÍSICO E MONITORAMENTO DO USO DA TERRA EM 1985 E 2005 DO MUNICÍPIO DE ARAXÁ - MG

Autores

  • Maria Beatriz Brandão Rocha CEFET-MG, Araxá
  • Roberto Rosa Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG92515611

Palavras-chave:

geoprocessamento, uso da terra, sensoriamento remoto, SIG, Araxá

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo realizar um levantamento do meio físico do município de Araxá - MG, utilizando técnicas de Geoprocessamento, bem como avaliar a evolução ocorrida no uso da terra em dois períodos distintos: 1985 e 2005. O município de Araxá está localizado na Macrorregião do Alto Paranaíba no Estado de Minas Gerais. Para a realização do trabalho, foram utilizadas folhas topográficas, mapeamento geomorfológico e imagens dos satélites TM/Landsat 5 de 1985 e CCD/CBERS 2 de 2005. O levantamento do meio físico foi realizado a partir dos temas curvas de nível, drenagem e limites do município, que possibilitaram elaborar os mapas temáticos das sub-bacias hidrográficas, declividade do terreno, hipsometria, geomorfologia e uso da terra (1985 e 2005). Os mapas temáticos foram elaborados utilizando o software IDRISI, que possibilitou também a avaliação de áreas. A partir da análise dos dados, pode-se verificar que o município é composto por 10 sub-bacias hidrográficas. Na maior parte do município, predominam as declividades superiores a 8%. O grau de entalhamento dos vales varia de fraco a forte e a dimensão interfluvial varia de média a pequena. Há um predomínio das altitudes entre 900 e 1200m. Foram identificadas e mapeadas 11 categorias de uso da terra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Beatriz Brandão Rocha, CEFET-MG, Araxá

Engenheira Civil com Mestrado em Geografia,

Downloads

Publicado

17-03-2008

Como Citar

ROCHA, M. B. B.; ROSA, R. CARACTERIZAÇÃO DO MEIO FÍSICO E MONITORAMENTO DO USO DA TERRA EM 1985 E 2005 DO MUNICÍPIO DE ARAXÁ - MG. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 9, n. 25, p. 95–107, 2008. DOI: 10.14393/RCG92515611. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15611. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos