DIAGNOSTICO AMBIENTAL E ANÁLISE MORFOMÉTRICA DA MICROBACIA DO CÓRREGO LANHOSO EM UBERABA - MG

Autores

  • Jose Luiz Rodrigues Torres Haroldo Rodrigues Torres e Jorgina Alves Rodrigues Torres
  • Adelar José Fabian
  • Ariana Lucia da Silva
  • Elisângela de J Pessoa
  • Eliene de F Resende

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG92515577

Palavras-chave:

Deterioração, morfometria, paisagem, bacia hidrográfica, Cerrado

Resumo

Com objetivo de diagnosticar a deterioração socioeconômica, ambiental e avaliar as características morfométricas da microbacia do Córrego Lanhoso. Visitou-se a área de estudo, aplicou-se questionários numa amostra da população local e fez-se uma análise morfométrica da área numa carta topográfica do IBGE (Folha Uberaba). A deterioração calculada para o fator social (S) foi 43%, índice este considerado médio. Para o fator econômico (E) obteve-se 54 %, valor médio-alto. Para o fator tecnológico (T) obteve-se 47%, valor médio. Para o fator sócio-econômico (S+E+T) obteve-se 45%, valor médio. Para o fator ambiental obteve-se 37%, valor ainda baixo na região. Observa-se a preservação das cabeceiras da nascente e algumas práticas de manejo e conservação do solo, porém ocorre um alto índice de desmatamento ao longo do Córrego, inclusive da mata ciliar. A caracterização morfométrica da microbacia descreve uma forma mais alongada, sendo comprovado pelo Ic de 0,50, Kc de 1,40 e Kf de 0,50, além da Dd de 1,46 km/km2 e a declividade da bacia de 1,86%. Estes valores associados mostram uma área sem problemas de enchentes e erosões ao longo do córrego. Os índices obtidos não caracterizaram uma deterioração ambiental elevada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jose Luiz Rodrigues Torres, Haroldo Rodrigues Torres e Jorgina Alves Rodrigues Torres

Formado em Licenciatura em Ciências Agrícolas pela UFruralRJ, Especialista em Nutrição Mineral de Plantas pela ESALQ-Piracicaba-SP, Especialista em Máquinas agrícolas pela UFLA-Lavras-MG, MSc. em Fitotecnia pela UfruralRJ, Dr. em Produção Vegetal pela UNESP-Jaboticabal-SP. Professor classe especial e pesquisador do Cefet-Uberaba-MG.

Adelar José Fabian

Professor do Cefet-Uberaba-MG, doutorando em Produção Vegetal pela UNESP-Jaboticabal-SP.

Ariana Lucia da Silva

Tecnológa em Gestão Ambiental pelo Cefet-Uberaba-MG

Elisângela de J Pessoa

Tecnológa em Gestão Ambiental pelo Cefet-Uberaba-MG

Eliene de F Resende

Tecnológa em Gestão Ambiental pelo Cefet-Uberaba-MG

Downloads

Publicado

18-03-2008

Como Citar

TORRES, J. L. R.; FABIAN, A. J.; DA SILVA, A. L.; PESSOA, E. de J.; RESENDE, E. de F. DIAGNOSTICO AMBIENTAL E ANÁLISE MORFOMÉTRICA DA MICROBACIA DO CÓRREGO LANHOSO EM UBERABA - MG. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 9, n. 25, p. 1–11, 2008. DOI: 10.14393/RCG92515577. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15577. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos