Variação morfológica dos ecossistemas de planície de maré na foz do rio Cachoeira, Paraná

Autores

  • José Carlos Branco Autor

Resumo

O Rio Cachoeira deságua no estuário da baía de Antonina que faz parte do Complexo Estuarino de Paranaguá. A média anual da vazão do Rio Cachoeira antes da transposição era de 21,13 m3/s. Pesquisas recentes evidenciaram uma vazão anual média de 31,45 m3/s, caracterizando um acréscimo de aproximadamente 33% na vazão original. Devido à relação entre a vazão e a capacidade de carga de transporte de um rio, o aumento da vazão do Rio Cachoeira pode ter ocasionado as mudanças batimétricas e sedimentológicas verificadas na cabeceira do estuário. A análise temporal aplicada na foz do Rio Cachoeira através de fotointerpretação detectou as modificações morfológicas mais relevantes na área de estudo e quantificou um balanço da variação de área dos principais ecossistemas de planície de maré. Com base nas modificações dos ecossistemas dispostos na região da foz do Rio Cachoeira e nas áreas de estudos comparativas, foi constatada uma tendência erosiva que pode aproximar ainda mais a relação entre a transposição e as mudanças morfológicas, sedimentológicas e batimétricas na cabeceira de estuário da baía de Antonina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Carlos Branco, Autor

Possui graduação em Geologia pela Universidade Federal do Paraná (1995) e mestrado em Geologia pela Universidade Federal do Paraná (2004). Atuou como professor substituto no departamento de geologia da Universidade Federal do Paraná (2006). Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geologia Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: geologia costeira, geociências e variações morfológicas na foz do rio Cachoeira. Atualmente está no doutorado em geologia ambiental da Universidade Federal do Paraná, "Evolução da barreira pleistocênica no litoral do Paraná".

Downloads

Publicado

17-04-2008

Como Citar

Branco, J. C. (2008). Variação morfológica dos ecossistemas de planície de maré na foz do rio Cachoeira, Paraná. Caminhos De Geografia, 9(25). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15574

Edição

Seção

Artigos