A CONTRIBUIÇÃO DA SOCIOLOGIA FENOMENOLOGICA NO ENTENDIMENTO DA INTERSUBJETIVIDADE NOS PROCESSOS SÓCIO-ESPACIAIS

Autores

  • Matusalém de Brito Duarte

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG82015435

Palavras-chave:

sociologia-fenomenológica, Intersubjetividade, processos sócio-espaciais

Resumo

Este artigo traz uma discussão teórica acerca do conceito de intersubjetividade na sociologia-fenomenológica de Alfred Schutz, de modo a ampliar seu uso nas leituras de processos sócio-espaciais que pretendem considerar a dimensão experencial do espaço geográfico. Para isso, alguns processos constituintes deste fazer intersubjetivo como o das tipificações, nomeações, codificações e das relevâncias, trabalhados por este teórico, são apresentados e relacionados enquanto elementos teóricos de suporte à leituras do espaço na dimensão micro e sócio-espacial. Palavras-chave: Sociologia-fenomenológica; Intersubjetividade; Processos sócio-espaciais;

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Matusalém de Brito Duarte

Sou graduado em Geografia pela UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais e mestre pela mesma instituição. Meu mestrado foi na área de Teoria e epistemologia da Geografia e o título da dissertação foi: "Leituras do 'lugar-mundo-vivido' e do 'lugar-território' a partir da intersubjetividade", sendo um trabalho interdisciplinar com a Psicologia Social e a Filosofia.

Downloads

Publicado

02-02-2007

Como Citar

DUARTE, M. de B. A CONTRIBUIÇÃO DA SOCIOLOGIA FENOMENOLOGICA NO ENTENDIMENTO DA INTERSUBJETIVIDADE NOS PROCESSOS SÓCIO-ESPACIAIS. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 8, n. 20, p. 38–45, 2007. DOI: 10.14393/RCG82015435. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15435. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos